A importância do Potássio

À semelhança do que acontece com outros minerais, o potássio é muito importante para o organismo humano e para manter um estado saudável. Este sal mineral ou eletrólito tem uma grande influência no metabolismo e diferentes funções do organismo, além de ser fundamental para o correto funcionamento de todas as células, tecidos e órgãos.
Assim, o potássio influencia o funcionamento de músculos, sistema nervoso, coração, rins, equilíbrio de fluidos , bem como, nas funções renais. Em particular, algumas das funções que desempenha o potássio no organismo são:
– Ajudar a regular o equilíbrio ácido-básico, que é um processo complexo, no qual intervêm diferentes órgãos para manter-se mais ou menos constantes, uma série de balanços que se encontram relacionados entre si, como são o pH, o equilíbrio elétrico, equilíbrio osmótico e volémia.
– Participa na síntese das proteínas a partir dos aminoácidos e no metabolismo dos carboidratos.
– É imprescindível para a formação dos músculos e o crescimento normal do corpo.
– É fundamental para que o coração tenha uma atividade elétrica normal.
A importância desse mineral torna-se necessário introduzir em nossa dieta alimentos ricos em potássio, como podem ser as carnes e peixe, frutas como a banana ou o melão, o tomate, a batata, o espinafre ou leite.

A quantidade recomendada de potássio varia em função da faixa etária, sendo de 0,4 gramas desde o nascimento até aos 6 meses, de 0,7 gramas por dia desde os 7 ao ano de nascimento, de 1 a 3 anos, o recomendado é de 3 gramas por dia, 3.8 gramas de 4 a 8 anos, 4,5 de 9 a 13 anos, 4.7 gramas por dia, entre 14 e 18 anos, e a partir dos 19 anos em diante, a quantidade diária recomendada é de 4,7 gramas diários.
Há que ter em conta que estas quantidades são de orientação. As mulheres grávidas necessitam de quantidades maiores (5.1 gramas/dia), bem como certas pessoas que possam sofrer de alguma doença, por isso que você deve sempre consultar o seu médico as suas necessidades específicas. Além disso, o nível de potássio pode diminuir quando se tem diarreia, ou quando há um consumo excessivo de café, chá, açúcar, álcool e quando foi realizado um importante esforço físico. Também o emprego de diuréticos e laxantes fazem com que haja uma menor quantidade de potássio no organismo.
Um défice de potássio ou hipocaliemia pode causar graves problemas para a saúde, causar fadiga, perda de memória e confusão, insuficiência cardíaca e, em menor medida, dificuldades na coordenação muscular.
Pelo contrário, a presença de muito potássio no sangue ou hipercaliemia costuma ser originada de uma redução da função renal ou infecção severa.