A primeira visita ao dentista de nossos filhos

Devemos esperar que caiam os dentes de leite? Como a cárie é um problema de todas as crianças mais apenas ou também pode afetar os pequenos?
A cárie é uma doença multifatorial, que se caracteriza pela destruição dos tecidos do dente, como consequência da desmineralização provocada pelos ácidos que gera a placa bacteriana que afecta não só os dentes definitivos, mas que também pode afetar os “dentes de leite”, de fato, se diz que um de cada três crianças sofre de cárie. Por este motivo, recomenda-se que a primeira visita ao dentista se realize no primeiro ano de vida e fazer revisões a cada 6 meses.
Quando e como começar com a higiene bucal
A partir deste momento, pois, é conveniente começar com a limpeza da boca da criança. Pode-Se usar uma gaze úmida para limpar as gengivas do bebê após cada refeição e começar a usar uma escova de dentes macia em vez de chiffon tão logo apareça o primeiro dente. Não devemos esperar para que se possa observar alguma alteração nos dentes para ir ao dentista, já que, quando nós sejamos capazes de vê-la, a simples vista, estará muito avançada, a destruição do dente.
A cárie, se a deixamos de evoluir, acabará por afectar a estrutura interna do dente, causando uma infecção, não só para o dente, mas para a criança. E para evitá-la é fundamental para levar a cabo uma higiene correta, desde que a criança tem a primeira dentição, assim como diminuindo o consumo de doces, refrigerantes, bolos, etc., Estes açúcares ajudam a que as bactérias se multipliquem e os ácidos que produzem os dentes.
As medidas dietéticas que devem ser colocadas em prática para evitar as cáries, têm como missão diminuir a matéria-prima (açúcares) sobre a qual atuam as bactérias. Diminuir a frequência de exposição aos açúcares é mais eficaz do que reduzir a quantidade total dos mesmos. Favorece que as crianças tomem alimentos ricos em fibras, como cenoura ou maçã.
Qual problema há, se são dentes temporários?
Está demonstrado que a queda do dente temporário por uma cárie pode danificar o dente definitivo, por isso nunca se deve pensar que não há que se preocupar com os dentes de uma criança pequena. Por isso, além das visitas periódicas ao dentista recomenda-se começar a usar a escova de dentes tão logo apareça o primeiro dente. Deve-Se usar uma escova especial suave para crianças e, é muito importante criar o hábito de limpeza após cada refeição, utilizando, além disso, uma pasta especial para eles.
Outro método muito eficaz para evitar o aparecimento da cárie é a fluoretação realizada no consultório do dentista, a qual atua reforçando e remineralizando o esmalte do dente, evitando assim o aparecimento de mais da metade das cáries, segundo a OMS.

Antes de dormir, e durante o sono
Um hábito muito comum é o de dar à criança, à hora de dormir, um biberão, para que se tome enquanto está tirando o sono ou untarle a chupeta no açúcar ou mel. Pois bem, esta prática, que parece muito comum é uma causa muito freqüente de formação de cárie, já que os açúcares permanecem mais tempo na boca da criança, prejudicando o esmalte e, portanto, favorecendo a produção de cárie.
Além disso, o dentista pode também detectar problemas resultantes do uso, às vezes prolongado, do biberão ou chupeta e o uso prolongado pode resultar em alterações na oclusão dentária, o que não só pode afetar a mastigação e deglutição dos alimentos, mas que, além disso, pode afetar o desenvolvimento da fala da criança.