As bebidas energéticas são saudáveis? Aqui tem a resposta

O que são exatamente as bebidas energéticas
Se alguma vez você fez a pergunta de “como As bebidas energéticas são saudáveis?” a resposta é NÃO. Estas bebidas estimulantes são criadas por componentes como a cafeína, açúcares, água gaseificada e taurina, assim como em aditivos que dão um sabor e uma cor específica. O resultado que se consegue com tudo isso, é uma bebida que aumenta nossa energia (por o grande contribuição em cafeína) e que, além disso, tem um sabor doce e agradável, graças à grande quantidade de aditivos com a que é feita.

Apesar de as campanhas de marketing que englobam essas bebidas com o apelido de “energia”, o certo é que não nos fornecem energia, mas que só nos estimulam devido à cafeína com que são elaboradas. De fato, a partir de 2011, a EFSA (European Food Safety Authority) não permite que os fabricantes indicam que as bebidas são “energizantes” porque não foi comprovado que seja capaz de melhorar a memória, a capacidade de reação ou o desempenho.
Bebidas energéticas vs. bebidas isotónicas
Não temos que confundir as bebidas energéticas com as isotónicas porque NÃO é o mesmo. As primeiras, como já dissemos, são elaboradas à base de cafeína e taurina e outros componentes que estimulam nosso organismo para que estejamos despertos e alertas durante mais tempo.

No entanto, as bebidas isotónicas são aquelas que estão pensados especialmente para atletas. Estas também contêm uma grande quantidade de açúcar, mas, no entanto, a ingestão de cafeína não é em tudo semelhante. Além disso, não contêm taurina ou outros componentes químicos que nos enchem de toxinas e impedindo o correto funcionamento de nosso corpo.

As bebidas isotónicas são destinadas, sobretudo, para repor os líquidos e sais minerais que são perdidos quando nos treinamos e, portanto, são recomendadas para que as pessoas que praticam desporto de forma regular podem repor a perda de sais.

Neste outro artigo de MedicamentosClub se descobrimos como fazer bebidas isotónicas caseiras para que você possa criar sua própria bebida em casa.

Bebidas com muito açúcar
Mas por que não são saudáveis, as bebidas energéticas? Há vários motivos que respondem a esta questão e, o primeiro de todos é que se trata de um produto muito elevado teor de açúcar. De fato, em algumas dessas latas, podemos chegar a encontrar até 20 colheres de chá de açúcar, uma quantidade demasiado elevada para o nosso organismo.

Lembre-se que o açúcar é um aditivo que pode ser muito prejudicial para a saúde, principalmente, quando o consumimos em excesso. Algumas das condições que podem ser afetados pelo consumo excessivo de açúcar é: obesidade, diabetes tipo 2, cárie nos dietes, e assim por diante. Neste outro artigo de MedicamentosClub te contamos de forma mais detalhada, por que é ruim consumir açúcar.

As bebidas energéticas contêm muita cafeína
Outro dos motivos por que as bebidas energéticas não são saudáveis porque são muito ricas em cafeína, um componente que, tomado em excesso, pode danificar seriamente nossa saúde causando situações como as seguintes:

Desequilíbrios na pressão arterial
Taquicardias
Náuseas ou vómitos
Insônia
Convulsões
E assim por diante

Tenha em conta que, em uma única destas latas (de 250 ml) tendem a ter 100 mg de cafeína, o dobro do que normalmente contêm outros refrigerantes como por exemplo a cauda. Embora a cafeína pode ser um componente benéfico tomada de forma muito pontual, o certo é que, quando se ultrapassa o seu consumo pode causar complicações cardíacas e que acabam afetando, também, ao nosso sistema nervoso.

Neste outro artigo, descobrimos como é que a cafeína no sistema nervoso.
Perigos do consumo excessivo de bebidas energéticas
Como vimos, o excesso de açúcares e cafeína são os dois fatores principais que causam complicações de saúde em nosso organismo. A seguir vamos detalhar tudo o que pode acontecer se consumimos bebidas energéticas de forma habitual, para que, assim, você entenda tudo o que pode ser afetado por causa desse mau hábito.

Aumento de peso

Um dos perigos de tomar bebidas energéticas é que padezcamos excesso de peso ou obesidade. Tenha em conta que o excesso de açúcar no corpo acaba acumulando como gordura saturada e, portanto, faz com que o nosso corpo vá aumentando de peso de forma gradual. Estas bebidas são muito ricas em calorias e muito baixas em nutrientes, pelo que são uma autêntica bomba calórica que dificilmente processaremos.

Afeta o sistema cardíaco

O consumo excessivo de cafeína afeta de forma direta a saúde cardiovascular, fazendo com que o pulso se acelerar e que, por isso, nosso coração bombeie sangue mais rápido. Isso pode provocar o aparecimento de palpitações, problemas respiratórios e dores da caixa torácica, pode até dar-se o caso de que o uso continuado possa causar um ataque cardíaco.

Danos no sistema nervoso

A cafeína também é um componente que altera o estado natural do nosso sistema nervoso, fazendo com que apareçam condições como espasmos, tremores, suores, etc. Isso também pode acabar afetando o nosso sono noturno, fazendo com que não descansemos de forma profunda, ou podemos até mesmo sofrer de insônia por ter tomado um excesso de cafeína. A ansiedade ou irritabilidade também são situações que podem aparecer devido a um desajuste no sistema nervoso.

Pode causar dependência

O açúcar é viciante, de fato, é uma das substâncias mais viciantes que existem hoje. E, como já dissemos, as bebidas energéticas são muito ricas em açúcar, por isso, a longo prazo, podemos chegar a estabelecer uma relação de dependência com o tipo de produto que, inclusive, pode provocarnos um quadro de ansiedade, como a síndrome de abstinência, se pararmos de consumir o produto.
Este artigo é meramente informativo, em MedicamentosClub não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento médico, nem fazer qualquer tipo de diagnóstico. Nós convidamos você a ir a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de doença ou mal-estar.
Se você deseja ler mais artigos parecidos a como As bebidas energéticas são saudáveis? – Aqui tem a resposta, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida saudável.