Atividades para melhorar a memória

Através do nosso blog de Saúde, propomos algumas atividades para melhorar a memória, no intuito de fortalecer a sua mente. A memória é um processo complexo cerebral que envolve milhões de células e neurônios.
Assim como fazemos com o resto do corpo, podemos exercitar o nosso cérebro para potenciar e desenvolver habilidades como pode ser a memória. Embora o cérebro seja um órgão, e não um músculo, o seu funcionamento é semelhante, no sentido de que, se não o usamos, ele vai atrofiando.

Devemos ter em conta que o nosso cérebro tem uma capacidade infinita de memória, mas, se não for utilizada, vai esvaziando de nossa particular “nuvem”. E é o que muitas pessoas pensam que com o passar dos anos, vamos perdendo a memória. No entanto, essa crença é falsa, o que acontece é que conforme vamos fazendo mais usamos menos o cérebro, perdemos a inquietação e o entusiasmo por aprender e lembrar de coisas novas, e nós acomodamos nos a pensar que já não temos capacidade para novas experiências. Nada mais longe da realidade, só que precisamos de continuar a exercer o nosso cérebro se queremos chegar a uma idade avançada, desfrutando de uma grande memória.
Como para melhorar a sua memória?
Não é nada complicado de apreciar uma boa memória. A seguir, oferecemos uma série de pautas essenciais para saber como melhorar a memória de uma forma substancial:

– Fazer exercício e esporte
Como temos visto em várias ocasiões, o exercício físico e o esporte são dois de nossos principais aliados na hora de desfrutar de um bom estado de saúde. (Você pode ver o nosso artigo “Benefícios do exercício físico e o desporto” para mais informações). Mas também, nos ajuda a ficar em forma, não só fisicamente, mas também mentalmente. Quando fazemos exercício, aumenta a quantidade de substâncias neurotróficas que defendem e melhorar o funcionamento do nosso cérebro, que vê como aumenta a neurogénesis, a plasticidade sinóptica e a circulação.
– Procurar o melhor momento do dia para aprender
Cada pessoa sabe muito bem os momentos em que está com mais energia, nível de atividade e concentração. É nessas horas, quando devemos aproveitar para estudar, memorizar ou realizar atividades mentais complexas.
– Faz perguntas na hora do aprendizado
Em vez de optar pela repetição do estudo, é importante que se entenda o que está em causa, e para isso nada melhor que fazer perguntas que permitirão desenvolver e melhorar a sua memória a longo prazo e a fixação de conteúdos.

– Lembro-me sistemático de tudo o que aprendemos
Este sistema é de grande utilidade, já que nos ajuda a continuar aprendendo coisas novas e fixar o aprendizado.
– Adquirir o hábito da leitura
Ler um livro é das melhores coisas que existem para o cérebro. A leitura nos ajuda a manter sempre em forma o nosso cérebro, potencializando processos como a memória, além do raciocínio, a concentração, a imaginação e a percepção. É, portanto, uma das atividades para melhorar a sua memória mais recomendáveis. Daí a importância de incutir esse hábito para crianças desde muito pequenos.
– O estresse é positivo moderado
Sempre que não exceder os níveis normais, o estresse promove a aprendizagem e aumenta a memória. Isso sim, quando o estresse passa a ser constante na vida de uma pessoa, o efeito é o contrário: é mais difícil o aprendizado, a memória e a concentração.

– Aprender novos idiomas
Sabe-Se que as crianças são como esponjas na hora de aprender novas línguas. Mas não só lhes permite desenvolver-se melhor como pessoa e ter melhores expectativas de futuro a partir de um ponto de vista de trabalho, mas o que facilitará o desenvolvimento da memória, já que terão uma maior capacidade de cognição executiva. Estes benefícios do aprendizado de outros idiomas são válidos também para aqueles adultos que participam em outras línguas diferentes da sua.
– Levar uma vida intelectual ativa toda a vida
Está demonstrado que as pessoas mais velhas que desenvolvem atividades para estimular o cérebro, conservam uma melhor memória na velhice. As atividades intelectuais impedem o desenvolvimento dos efeitos do envelhecimento.
Para ampliar a informação, recomendamos a leitura de nosso artigo “Exercícios para melhorar a memória”.