Canicross ou como começar a correr com o seu cão

A partir de Sanitas vos propomos compartilhar treinos e competições com os vossos cães: uma forma legal de passar mais tempo com eles ao mesmo tempo em que cuidamos da nossa saúde.
A saúde em primeiro lugar
A primeira coisa que devemos fazer antes de pôr mãos à obra com um novo desafio esportivo é passar pelas mãos de nosso médico para que nos faça uma checagem geral: desta forma saberemos que estamos saudáveis e preparados para enfrentar os próximos treinos. Além disso, o teste de esforço é também necessária, pois nos servirá para garantir que o nosso organismo está pronto para que demandemos um esforço regular.
Isto é aplicável também para o nosso cão: antes de sair para treinar com ele, o melhor é que possamos consultar o veterinário para que nos assegure que não há nenhum problema. Além disso, devemos ter em conta o tipo de cão que temos, já que algumas raças de cachorro, como as que têm o focinho chato (pugs, bulldogs franceses) podem ter problemas com a respiração e com o esforço. Os cães nórdicos de caça, como os husky ou podencos, são ideais para compartilhar quilômetros.

Quanto à idade, embora os cães não podem competir até que tenham completado um ano, sim, que podem começar a treinar antes. A idade recomendada para começar com os treinos são os seis meses. Não devemos esquecer que a carreira deve ser uma atividade lúdica para o nosso cachorro: ele deve ser um momento de lazer e diversão, não uma obrigação.
O que eu preciso para começar?
O canicross é uma excelente forma de compartilhar o tempo de qualidade com seu animal de estimação
O equipamento para o canicross é específico e necessário para correr com segurança, e podemos adquiri-lo em lojas físicas ou online. Precisamos de três coisas de forma obrigatória:
Chicote de fios de canicross para o nosso cão: pode ser um chicote longo, que cobre toda a volta, ou um curto, que chega só até a metade (há que ter em conta o tamanho do nosso cão). O chicote é acolchoada para evitar que o nosso cão se machucar ao se jogar, e nenhuma peça de metal toma contato com sua pele para evitar possíveis ferimentos. A função do chicote é distribuir o esforço do cão por toda a sua coluna quando tira.
Linha de tiro, que liga o corredor e o cão. Trata-Se de uma cinta especial, mais longa do que o habitual (geralmente mede dois metros ou dois metros e meio) e que tem uma parte elástica e outra firme. A parte elástica atua como um amortecedor para que os cortes não nos façam dano. É acoplado através de mosquetões tanto ao arnês do cão como o cinto de segurança do corredor.
Cinto lombar para o corredor: o que vai conectado com um mosquetão para a linha de tiro. É colocado diretamente sobre a região lombar e está acolchoado para que a força de tração do cão, vá diretamente para a nossa área média e se distribua de forma uniforme por todo o nosso corpo.
Algumas noções básicas sobre canicross
O cão sempre corre por diante do humano: embora haja momentos em que a linha de tiro não estiver tensa, o cão deve sempre manter-se à frente do corredor. O cão “tira” de nós, mas devemos manter o seu ritmo para não cansarle em excesso.
Devemos adaptar o nosso ritmo ao do cão: tanto nos treinos como na corrida. Não há que forçar nunca um cão a ir muito depressa: somos nós que devemos nos adaptar ao ritmo de nosso animal de estimação.
Desenhe o seu caminho de forma inteligente: tenta correr por terra ou por montanha melhor do que por asfalto. Lembre-se que, apesar de que você levar chinelos, seu cão vai “descalço”, e o asfalto pode danificar suas almofadas. Segue caminhos que você pode encontrar fontes ou rios onde seu cão possa beber e refrescar-se.
A motivação do cão é essencial: temos que motivar o nosso cão a partir do momento em que começamos a correr, e premiarlo com carícias ou com comida quando fizer as coisas bem. A comunicação oral com o nosso cão será muito importante, já que é a maneira que temos de dar-lhe as ordens oportunas em cada ocasião (“corra”, “para”, “mais devagar”, “gira”). Além das palavras, o tom de nossa voz também é muito importante.
Os treinos devem ser progressivos: mesmo que você seja um piloto experiente, o cão parte de zero, assim que você terá que fazer exercícios progressivos, tanto em velocidade como em distância. A distância máxima que se costuma correr em corridas de canicross são entre 5 e 7 quilômetros, e que não há necessidade de fazer tiragens muito grandes. Lembre-se que você corre com seu animal de estimação para se divertir!
Correr com seu cão é uma das melhores maneiras de ter uma relação próxima com o seu melhor amigo e de desfrutar do seu tempo livre com ele, aproveite-a!