Como cuidar da próstata de forma natural

A Dieta e os alimentos bons para a próstata
Uma alimentação equilibrada e saudável é a chave para manter em bom estado a saúde do organismo em geral, mas também numerosos estudos têm mostrado que é um aspecto de especial importância para cuidar da próstata e prevenir as possíveis condições ou doenças que podem afetá-lo negativamente.

Em seguida, explicamos quais são os alimentos bons para a próstata, que deve incluir na sua dieta diária e consumir de forma habitual.

Alimentos ricos em omega 3

As propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias os alimentos ricos em omega 3 são ideais para garantir a saúde da próstata, reduzindo o risco de que se amplie ou acenda e de padecer de cancro da próstata. Dentro deste grupo de alimentos, destacam-se os peixes, gema de ovo, óleos vegetais, sementes de chia, sementes de linho e os frutos secos.

Alimentos ricos em vitamina E

A vitamina E é um poderoso antioxidante que protege a saúde das células e que é capaz de impedir o crescimento de células cancerosas. Por isso, consumir alimentos ricos em vitamina E pode ser um bom mecanismo para se proteger contra o câncer de próstata, entre outros. Entre os alimentos que mais contêm vitamina E são: os óleos vegetais, vegetais de folha verde, as amêndoas, as avelãs, a gema do ovo, fígado, etc.

Alimentos ricos em zinco

O zinco é um mineral que ajuda a prevenir a hiperplasia benigna da próstata (hiperplasia prostática), já que bloqueia a produção de um derivado da testosterona. Como boas fontes de zinco, destacam-se: as sementes de gergelim e de girassol, o aipo, os espargos, os figos, as batatas, as berinjelas, as ostras, os amendoins, as cebolas, os pêssegos, os rabanetes, as papatyas, etc.

Alimentos com licopeno

Os alimentos com alto teor de licopeno, como o tomate e a melancia, são excelentes para cuidar da próstata de forma natural. Numerosos estudos têm revelado que o licopeno é um antioxidante, que permite prevenir e tratar o câncer de próstata, bem como a reduzir a inflamação da mesma.

Por outro lado, é conveniente evitar o consumo de gorduras saturadas, açúcar refinado, carnes, carnes vermelhas, excesso de sal, alimentos enlatados, produtos lácteos, etc.

Você pode estender esta informação consultando o artigo Alimentos bons para a próstata.
Evitar o sedentarismo e praticar exercício físico
Além dos conselhos nutricionais anteriores, para cuidar da próstata, do jovem e prevenir futuros problemas de saúde, é essencial levar uma vida ativa e deixar de lado o sedentarismo. Sempre é recomendável fazer um exercício físico diário moderado adequado à condição física, a idade e o estado de saúde de cada um.

O simples fato de exercitar-se durante cerca de 30 minutos por dia pode ser suficiente para prevenir e reduzir os problemas urinários associados a uma alargada próstata ou inflamada.

Beber muita água e evitar maus hábitos de vida
A comer de forma saudável e fazer exercício, é importante que você sumes uma boa hidratação diária, bebendo pelo menos entre 1,5 e 2 litros de água por dia. Beber bastante água é fundamental para aumentar a frequência das micções e impedir que as bactérias se acumulem na bexiga, causando uma prostatite, que é a inflamação da próstata.

Além disso, também é fundamental que:

Mijo sempre que sentir o desejo de fazê-lo e que não retrases neste momento.
Evite o tabaco.
Evite o consumo excessivo de álcool.
Evite a obesidade.
Evite temperaturas muito frias.
Plantas medicinais boas para a próstata
Uma das melhores formas de cuidar da próstata de forma natural é através do consumo de infusões preparadas com plantas medicinais com propriedades diuréticas, anti-inflamatórias e depurativas. Estas ajudam a depurar o organismo a liberar a bexiga urinária e a prevenir o padecimento de doenças prostáticas. As que podem oferecer melhores resultados são as seguintes:

Sementes de abóbora: têm propriedades diuréticas, que facilitam o vazio da bexiga e, além disso, contêm cucurbitacina, um componente que impede o aumento da próstata.
Castanheiro-da-Índia: ajuda a diminuir a inflamação da próstata e a impedi-lo graças às suas propriedades anti-inflamatórias.
Urtiga: é diurético, alivia a bexiga e evita o crescimento excessivo desta glândula.
Rabo de cavalo: tem propriedades diuréticas muito poderosas, o que facilita o esvaziamento completo da bexiga e a prevenir a inflamação da próstata.

Tomar 1 ou 2 chávenas por dia de alguma destas infusões para manter a saúde da sua próstata em perfeitas condições.
Ir ao urologista
Uma vez que você já sabe como cuidar da próstata de forma natural, você deve ter presente que todos os homens a partir dos 50 anos de idade devem ir ao urologista uma vez por ano, para submeter-se a uma revisão exaustiva e certificar-se de que sua próstata está em boas condições. No caso da família ter antecedentes de câncer de próstata, as revisões devem se adiantar aos 45 anos.

De todas maneiras, deverá dirigir-se, com urgência, ao urologista se você apresenta algum dos sintomas que detalhamos de seguida:

Micções muito freqüentes e urgentes.
Fluxo de urina lento, fraco ou intermitente.
Sensação de não ter esvaziado completamente a bexiga.
Dores ao urinar.
Presença de sangue na urina.
Este artigo é meramente informativo, em MedicamentosClub não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento médico, nem fazer qualquer tipo de diagnóstico. Nós convidamos você a ir a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de doença ou mal-estar.
Se você deseja ler mais artigos parecidos a Como cuidar da próstata de forma natural, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde da Família.