Como detectar a síndrome de Alienação Parental

Você também pode gostar: Como detectar a síndrome do ninho vazio
Passos a seguir:
1

A criança começa a mostrar indiferença frente a um dos progenitores. Tem claramente qual dos dois é bom e qual é ruim.
2

Desvalorizar os sentimentos do outro progenitor. É comum que as crianças comecem a usar um vocabulário que não corresponde à sua idade. Os insultos são freqüentes, assim como as ações agressivas para o progenitor em questão.
3

Participação de pessoas externas. Consiste em tratar-se de que todas as pessoas que rodeiam a criança e o progenitor alienador apoiem os atos e sentimentos que se tem contra o outro progenitor. Em alguns casos, até mesmo você chega a incluir amigos dos filhos.

4

Visualizações. A criança expõe situações das quais não foi parte, usando argumentos que não são próprios e que não correspondem a sua idade.
5

Influência. As crianças podem chegar a confrontos com o seu progenitor e até mesmo podem ter medo de enfrentar o que ele pode fazer. Mas tudo isso, é produzido pelo outro progenitor, que foi encarregado de criar fabulaciones sobre isso.

6

Incentivo. O progenitor alienador incentiva a conduta de seu filho, e até pode chegar a premiarlo, reforçando, assim, que a criança continue a se comportar desta maneira.
Este artigo é meramente informativo, em MedicamentosClub não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento médico, nem fazer qualquer tipo de diagnóstico. Nós convidamos você a ir a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de doença ou mal-estar.
Se você deseja ler mais artigos parecidos a Como detectar a síndrome de Alienação Parental, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde mental.