Como dormir bem para melhorar o rendimento desportivo os melhores dicas

Consequências de dormir mal no esporte
De acordo com os especialistas, o ideal é dormir entre 7 e 8 horas. Mas não basta simplesmente dormir naquele tempo. Se temos um mau colchão ou estamos perturbados, embora durmamos 8 ou mesmo 9 horas, o nosso corpo e o nosso cérebro não descansará adequadamente e, como resultado, sofreremos uma série de conseqüências de não dormir bem em que é afetado desempenho físico e mental:

Problemas de concentração e memória: esta seria uma das primeiras consequências de não dormir bem que sentiríamos como atletas. O cansaço, mesmo que fosse por uma única noite, nos tornaria mais lentos no dia seguinte, fazendo com que nos costase nos concentrar na hora de treinar, ou que, mesmo com os dias nos percatásemos que nos falha a memória.
Piora o desempenho esportivo: a raiz do exposto, por não dormir bem não recuperaríamos as energias e, portanto, não teríamos o mesmo desempenho no esporte, pois estaríamos mais frouxos para praticar qualquer tipo de exercício.
Desequilíbrio de emoções: acima de tudo, se somos atletas adolescentes, descansar um pouco ou mal pode levar a um descontrole emocional que só pode piorar ainda mais o nosso desempenho esportivo.
Ansiedade por comer: outra das consequências de dormir mal é que, ao não descansar corretamente e não ser capaz de recuperar todas as energias necessárias, e no dia seguinte nos entram vontade de comer doces, fast food e outros alimentos pouco saudáveis. Isso é porque nos fornecem energia rápida por serem carboidratos simples, embora não duráveis, com o que comeríamos mais e mais e, sem perceber, empezaríamos a subir de peso.
Problemas de obesidade: além de pelo motivo acima mencionado, inúmeros estudos mostram que dormir mal, a longo prazo, afeta o metabolismo, fazendo com que se alterem os hormônios como a grelina e a leptina, encarregadas de regular o apetite.
Enfraquecimento do sistema imunitário: se passamos muito tempo dormindo mal e impedir que nosso organismo se, assim, de forma satisfatória, quem mais se resentirá será o nosso sistema imunológico, que vai enfraquecer e, em consequência, seremos mais propensos a sofrer de doenças, como resfriados. Com isso, você pode nos obrigar a ignorar vários treinos, perdendo pouco a pouco a nossa rotina esportiva.
Menos esperança de vida: em geral, as conseqüências de dormir mal podem ser resumidos em menor esperança de vida, já que, devido a todo o exposto, nosso organismo seria mais propenso a contrair doenças cardíacas, diabetes, acidentes vasculares cerebrais ou envelhecimento precoce, entre outras. E tudo o que poderíamos ter ganho em saúde com o esporte, o perderíamos por culpa de um sonho errado.

Como você pode ver, um bom descanso é o melhor aliado para melhorar o rendimento desportivo, bem como para sentir-se saudável em geral. Depois de ler este mostrando as consequências de dormir mal, talvez você também se interesse este artigo sobre Quais são os benefícios de dormir bem.
Qual é o melhor colchão para atletas
Para melhorar o rendimento desportivo dormindo, o melhor é usar um bom colchão. Por sorte, hoje em dia, existem no mercado lojas especializadas que oferecem colchões pensados para cada tipo de usuário. Sem ir mais longe, há, por exemplo, um colchão especial para atletas, pensado para mover para o dia e descontracturarte à noite. Este tipo de colchão tem uma série de características:

Tecido respirável: necessário para melhorar a distribuição do peso e garantir um bom descanso.
Camadas viscoelásticas espumadas: com elas não há necessidade de passar pelo fisioterapeuta, já que são capazes de tirar o stresse fora qualquer parte do corpo.
Essências e propriedades relaxantes: perfeitas para se livrar do estresse e dormir placidamente.
Colchão adaptável: para um atleta não é bom nem um colchão muito firme, não muito mole. O ideal é que tenha a capacidade de adaptar-se ao seu corpo.

Além disso, este tipo de colchão é adequado para todo aquele que tenha dores musculares e problemas para dormir.

Alimentos a evitar, para dormir bem e melhorar o desempenho desportivo
Assim que chega a noite, nosso organismo fica mais lento e temos que ter em conta uma série de coisas antes de irmos para a cama, como deixar passar 1 hora e meia entre o jantar e a hora de deitar para fazer uma correta digestão, que nossos jantares sejam leves para que a maior parte de nosso sangue não tenha que ir ao estômago e assim poder descansar bem, e, acima de tudo, que o que ingiramos não nos perturbar à noite. Por isso, há alguns alimentos e bebidas a evitar para dormir bem e acordar melhor:

Carnes vermelhas: as carnes vermelhas podem activarnos e impedir que descansemos adequadamente. Além disso, se somos atletas, em geral, é melhor que devemos consumir carne branca.
Refrigerantes ou Bebidas açucaradas: o melhor da noite é beber água, nada de açúcares que espabilen nosso sistema nervoso e nos ligar.
Café: um café antes de dormir? Nem pensar! Este mau hábito, que bem pode beneficiar pessoas com problemas de baixa tensão, não é o mais adequado, se o que se quer é gozar de um descanso profundo e prazeroso.

Também recomendamos que, antes de ir para a cama, tome uma infusão para poder estar mais relaxado e, assim, poder dormir melhor e render mais no dia seguinte.

Dicas nutricionais para melhorar o rendimento desportivo
Há toda uma série de alimentos que melhoram o rendimento desportivo, bem como alguns conselhos sobre nutrição esportiva que você deve ter em mente para ter uma dieta saudável, porque não só dormir bem é suficiente:

Consome energia suficiente: ao fazer exercício queimar muitas calorias. É por isso que sua dieta deve ser abundante, mas sem passar, porque senão você vai perder massa muscular e não rendirás em seus treinos.
Consome muitos carboidratos complexos: o que realmente dá energia ao corpo é o açúcar e os carboidratos complexos são perfeitos para se manter energéticos todo o dia, já que são, nem mais nem menos, que uma cadeia de açúcares que se vão descomponiendo mais lentamente do que os açúcares convencionais, que são carboidratos simples.
Cuidado com as proteínas são muito importantes para a regeneração dos tecidos, mas não exagere, ou seja, não utilize suplementos alimentares. Com um bom controle alimentar será suficiente.
Modera o consumo de gorduras: são necessárias para fornecer a energia que o nosso corpo necessita, mas é preferível que sejam gorduras de origem vegetal em vez de animal.
Beba muita água: não espere ter sede. Bebe antes, durante e depois do treino, como se fosse um ritual. Você pode estar deshidratándote, sem o saber, e o seu desempenho desportivo é afetado.
Mantenha uma rotina: acima de tudo, sobre o tema das refeições. Tenta comer sempre à mesma hora, assim como beber com frequência. Se você competições, nunca faça mudanças em sua rotina, os dias que antecederam a competição! O seu organismo pode confundir-se e apostar uma má passada.
Este artigo é meramente informativo, em MedicamentosClub não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento médico, nem fazer qualquer tipo de diagnóstico. Nós convidamos você a ir a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de doença ou mal-estar.
Se você deseja ler mais artigos parecidos a Como dormir bem para melhorar o rendimento desportivo – os melhores conselhos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde mental.