Como evitar as lesões desportivas?

Após 1 de janeiro surgem muitos novos atletas que se lançam à prática sem informação ou sem ter em conta os perigos que representa. Além disso, muitas vezes fruto de acidentes, sofremos lesões associadas à prática de exercício. Também os atletas profissionais e de elite das sofrem devido a que estão submetidos a fortes sobrecargas.
Mas não é preciso ser atleta profissional para sofrer lesões desportivas. De fato, cada vez vêm mais associadas aos atletas esporádicos sem aconselhamento. Fazer exercício é altamente aconselhável, mas, como tudo, em excesso e praticado sem o conhecimento suficiente pode ter consequências nocivas para a saúde.
Estas lesões podem ocorrer, como já dissemos, o maior vencedor ou por uma sobrecarga dos músculos, ossos ou articulações. A boa notícia é que nós podemos ajudar a preveni-las seguindo uma simples dicas.
Fazer aquecimento e alongamento antes de cada sessão de exercício
O aquecimento vai depender do tipo de esporte que vamos fazer e a intensidade do mesmo. Com o aquecimento, o que aumenta o fluxo de sangue e oxigênio para os músculos, de forma que aumenta sua resistência e ficam preparados para a atividade física.
É muito importante, em primeira instância, que a pessoa esteja em boa forma física para o esporte que pretende realizar e que conheça seus próprios limites físicos. Se possa desempenhar o limite, torna-se muito difícil evitar lesões desportivas. Ou seja, o treino deve estar totalmente personalizado, adaptado a cada pessoa e suas circunstâncias.
Deve ser gradual. Primeiro começaremos a trabalhar com grandes grupos de músculos para ir depois a trabalhar em grupos mais específicos. Também iremos de concreto para o geral na questão do tipo de esporte: ou seja, primeiro faremos exercícios gerais, adaptados a qualquer esporte, e depois mais específicos.
Como aquecimento, o alongamento é fundamental para preparar o corpo para o exercício. Devemos ter em conta que os músculos vão se apresentar em maior proporção na prática esportiva e enfatizar eles no estiramento. O alongamento melhora a flexibilidade e, por isso, é ideal para prevenir e evitar lesões desportivas futuras, já que muitas delas se devem à falta de flexibilidade.
Vários factores a ter em conta para evitar lesões desportivas
Outros fatores importantes são a alimentação e a hidratação. Quando fazemos alguma atividade física, é normal perder grande quantidade de líquidos, por isso que devemos cuidar da hidratação. Também, devemos ter em conta que, após o exercício, é importante comer de forma otimizada, como por exemplo, repor carboidratos.

Dispor de equipamento adequado para o desporto, a realizar é muito importante, mas também que se adapte a nós. Por exemplo, os sapatos devem adaptar-se perfeitamente aos nossos pés, mas também devemos ter em conta o uso de protetores em determinados esportes, como por exemplo, patinagem.
Outro ponto a nosso favor, para evitar lesões desportivas é o frescor. Consiste em cerca de quinze minutos de atividade macia após o exercício. Por exemplo, caminhar ou esticar. Desta forma, evitamos que os músculos se arrefeçam de golpe. Após o exercício, são também muito benéficos da massagem para melhorar a circulação, assim como de um bom descanso.
Tudo isso contribui de forma ativa para a prevenção de lesões irritantes que, às vezes, tem longos períodos de recuperação. Fazer exercício é muito saudável e desejável para uma melhor qualidade de vida, mas devemos fazê-lo com informação e sem sobrepasarnos.