Como lidar com a baixa visão?

A baixa visão é aquela que ocorre quando se perde a capacidade de ver por um ou os dois olhos, e isso gera problemas para realizar as atividades da vida diária. O importante é tentar manter a maior autonomia possível para que se possa continuar com as atividades normais sem a necessidade de recorrer aos outros e não ver diminuída a qualidade de vida.
Assim, devemos ir ao oftalmologista quando começarmos a ter dificuldades para
Ler sem problemas
Escrever
Ver televisão
Ler os letreiros de rua
Conduzir
Ver os rostos das pessoas
Distinguir as cores
Usar o telefone celular
Existem várias doenças que podem provocar a baixa visão, como ele . ou a degeneração macular. Embora, em linhas gerais, essas doenças são mais comuns em idosos, o envelhecimento do olho em si mesmo não tem porque dar baixa visão. Além das mencionadas, entre as doenças oculares, que pode causar baixa visão são:
As altas miopías ou miopia magna. Quando se superam as oito dioptria.
As cataratas. Ocorre perda de transparência do cristalino
Uso pigmentar. Aparece quando há problemas para se adaptar à falta de luz e se perde campo de visão até ter o que se conhece como visão em túnel.
Retinopatia diabética. Os problemas vasculares do diabetes afetam os vasos sanguíneos da retina.
Para fazer frente à perda de visão, há diferentes soluções, mas é muito importante estar nas mãos de uma equipe especializada perante os primeiros sintomas.
A primeira coisa que você vai fazer com este equipamento será um diagnóstico oftalmológico completo, com o fim de localizar a causa que produz a baixa visão. Uma vez que tenham o diagnóstico, nos poderão em mãos do especialista em baixa visão e técnico de reabilitação visual para começar a resolver a situação, onde podem ainda à nossa disposição os meios necessários para continuar o plano de reabilitação marcação. Durante todo o processo teremos um acompanhamento contínuo por parte de nossa equipe de especialistas, que nos acompanhará em todas as nossas resenhas e irá avaliar os objetivos marcados.

As ajudas para o manejo de baixa visão são divididos em:
Não ópticos. Como são os palcos, iluminação, macrotipos…, isto é, as que vão mais além da pura correção dos olhos.
Óticas. Trata-Se de lentes que são utilizados para melhorar o que resta de visão. Existem vários tipos, como as que aumentam em até 16 vezes o tamanho de uma ampla variedade de lupas, os filtros para ganhar conforto, contraste e proteção para os olhos, e os telescópios, que se podem adaptar aos óculos.
Eletrônicas. Aqui se situam as lupas eletrônicas, onde as lupas-tv podem se adaptar a diferentes dispositivos eletrônicos.