Cuide do seu sorriso em 2018 Reduz o consumo de açúcar!

Faz tempo que o que temos claro, se quisermos seguir uma alimentação saudável, quanto menos açúcar adicionado inclusão melhor. A OMS (Organização Mundial de Saúde (oms) aconselha reduzir o consumo de açúcares a 5% das calorias diárias para obter benefícios adicionais para a saúde. Evitar seu abuso não é apenas uma questão de estética, já que pode causar cáries, pois também está relacionada com a obesidade, doenças cardiovasculares, síndrome metabólica e diabetes tipo 2.
Mas controlar sua ingestão nem sempre é fácil, já que cada vez mais produtos processados, açúcar ou derivados para melhorar o seu sabor, aparência e textura, assim que nós podemos estar consumindo grandes quantidades de açúcares, sem nem mesmo perceber.
É fácil associar o açúcar, os refrigerantes, os doces, os doces… Mas está presente em muitos outros alimentos. Toma nota.
Não têm sabor doce, mas levam açúcar
Molho de tomate: Quando cozinhamos um molho de tomate caseiro podemos adicionar uma pizquita-de-açúcar, para tentar minimizar a acidez do tomate, mas os molhos preparados costumam levar muito mais do que meia colher pequena, algumas chegam a conter mais de 12 g de açúcar por cada 100 de produto.
Vinagre de Modena: O verdadeiro não contém adição de açúcar, mas existem imitações sob o mesmo nome, geralmente é muito mais econômicas, que começam a sua característica cor escura, graças ao corante de caramelo, que podemos reconhecer no rótulo como E150d.
Molho de soja: Com o molho, ocorre algo semelhante, costuma levar soja, água, sal e ocasiões de trigo, mas há versões de que se compõem principalmente de açúcar mascavo, corante de doces ou xarope de glicose-frutose.
Pizza congelada: a massa, o molho, os curativos… Algumas pizzas congeladas contendo até 20 g de açúcar em total, e que há que ter em conta ao analisar os ingredientes.
Frios: Estão muito longe de ser doces, mas é comum adicionar açúcar para realçar o seu sabor, mesmo em peito de peru e frango que costumamos encontrar como light ou com pouco sal.
Os falsos amigos
Aparentando ser muito saudáveis, mas não o são tanto como parece, por isso também é aconselhável ler com atenção o rótulo nutricional antes de adicionar à cesta de compras.

Cereais para o café da manhã: E não só para crianças, que aparecem como indicados para emagrecer ou manter a linha podem incluir-açúcar, uma média aproximada de 15 g para cada 100, mas há opções mais saudáveis, como os flocos de aveia ou de milho sem açúcar. Isso, há que ter em conta também com as barrinhas de cereais.
Conservas vegetais: Ervilhas, soja, milho, é importante fixar bem o rótulo, pois é habitual que contenham adição de açúcar, especialmente o milho, embora haja opções “sem”.
Néctares de frutas: A melhor alternativa sempre é consumir a fruta inteira, ou um suco caseiro, mas se vamos escolher um preparado há que observar que contenha apenas o açúcar natural presente na fruta. Os néctares de frutas podem levar até 20% de sua composição de açúcares de adição.
Sobremesas com baixo teor de gordura: São comercializados como produtos para cuidar e desfrutar, sem perder a linha, mas podem conter entre 10 e 15 g de açúcares por porção, por isso que também há que considerá-los na conta de nosso consumo diário, embora a reclamação de light 0% que aparece na capa faz-nos, por vezes, pensar o contrário.
Pães e biscoitos integrais, com fibras ou cereais: pão de molde, altamente processados, incluem quase sempre grandes quantidades de açúcar adicionado, mesmo em suas versões integrais ou com fibra. O mesmo acontece com as bolachas, há alternativas sem adição de açúcar, mas se não estiver especificado, embora se publicitem os cereais que têm como saudáveis ou digestivas, algumas chegam a conter até 20 g de açúcar para cada 100 (cerca de 6 ou 7 biscoitos).
Bebidas para desportistas: São projetados para melhorar o desempenho dos atletas, mas se você não especificados em contrário, costumam levar uma parte importante de açúcar. Há que ter em conta que não estão pensadas para tomá-las como um refrigerante, mas cada vez se encontrem disponíveis em mais tipos de estabelecimentos não relacionados com o desporto.
Voltando à recomendação da OMS, para uma dieta de 2000 Kcal diárias não deve exceder os 50 g de açúcar, e se quisermos seguir uma alimentação que traga benefícios para a nossa saúde, a quantidade se reduz a 25 gramas por dia.
Um envelope-de-açúcar no Brasil é de 8 g por que bastam três e um pouco mais para chegar a essa quantidade, se pensarmos em todo o açúcar que contêm alimentos como os que mencionamos, é muito fácil ultrapassar esta recomendação, sem perceber. Para evitar isso, nada melhor do que basear a nossa dieta sobretudo em alimentos não processados, como frutas, legumes, grãos integrais, legumes, peixe, etc., E do resto, prestar atenção à quantidade de açúcar que marcam em seu rótulo.