Equitação: benefícios para o corpo e a mente

Não há uma terapia de cavalos sem razão. Montar a cavalo combina destreza física e mental, que se aperfeiçoa e melhora com cada passeio. Este é um tipo de atividade é adequada para todos os tipos de pessoas e para todas as idades. Subir no lombo de um cavalo para passear pelo campo ou à beira do mar tem um grande atrativo, além de ser uma terapia física e mental perfeita.
A nível físico, andar a cavalo tem inúmeros benefícios. Para começar, a postura que se deve adquirir na sela propicia que entrenemos costas e core. Devemos manter-nos bem erguidos para manter uma postura correta e ter um melhor equilíbrio a cavalo. A longo prazo, montar a cavalo não só fará com que manter uma postura correta quando praticamos esporte, também no nosso dia-a-dia. Colocar corretamente o corpo, especialmente quando estamos sentados pode ajudar a combater dores nas costas típicos que vêm dados pelo sedentarismo. Muitas horas sentados com uma má postura é a ante-sala de irritantes lesões nas costas e pescoço.
Além disso, a equitação potência nosso equilíbrio, tanto horizontal como vertical. Há que adaptar-se e adequar-se aos movimentos do cavalo, o que nos adaptar e manter o equilíbrio será fundamental para poder desfrutar desta atividade. Isto também está relacionado com a coordenação psicomotora. Ao não estar completamente o controle sobre o que se passa, já que o cavalo é uma parte muito ativa na prática, melhorias seus reflexos para poder se adaptar a cada situação.
Entre os grupos musculares que mais benefícios podem obter da equitação encontramos costas, o core, as pernas e os glúteos. Todos eles estão envolvidos de forma ativa quando você monta a cavalo, pelo que se pode tonificar praticamente todo o corpo com este esporte.

Equitação: melhora a memória
Andar a cavalo também tem benefícios a nível mental. A equitação tem um impacto muito positivo na auto-estima e o autocontrole. Para estar em sintonia com o cavalo tem que aprender a controlar as próprias emoções, superar medos e treinar a percepção para poder prever possíveis mudanças no companheiro equino. Além disso, ocorre uma melhora na memória, graças ao aumento da capacidade de atenção e concentração que ocorre quando montamos a cavalo.
Além disso, a relação com o animal pode inculcar tanto em crianças como em adultos, o sentimento de empatia e respeito. Aprender a cuidar de um cavalo também contribui para aumentar o sentimento de responsabilidade, especialmente em crianças.
É claro que, como ocorre com a prática de qualquer esporte, a equitação ensina disciplina. Esta qualidade não só a podemos utilizar no esporte, mas que pode ajudar-nos a melhorar em algum aspecto de nossa vida.
A equinoterapia é ideal para pessoas com fobias ou medos, porque os ajuda a trabalhar no domínio de suas emoções e a superação desses medos para poder montar no lombo do cavalo. Também é especialmente indicado para pessoas com deficiência, tanto psíquicas como psicomotoras. Não só ajuda a mobilizar o corpo e trabalhar, também ajuda a socializar e identificar suas emoções, melhorando a sua confiança em si mesmos.
A equitação é um esporte muito completo para todas as idades e para todos os tipos de pessoas. Não deixe de realizá-la se você tiver a oportunidade!