Hérnia inguinal

Unahernia inguinal é um inchaço na virilha, e ocorre quando existe um defeito na parede muscular da região inguinal, que permite que o conteúdo abdominal, como o intestino ou da bexiga urinária apareça sob a pele envolvido por um saco de vísceras.

Distinguem-Se 3 tipos de hérnia na virilha:
Hérnia inguinal indireta
Costuma-Se apresentar em homens jovens e crianças, e pode estar presente desde o nascimento, podendo descer até o escroto, quando evolui.
Hérnia inguinal direta
Costuma-Se apresentar em homens de meia e idade avançada, e com frequência dos dois lados.
Hérnia femoral
Ocorre em mulheres de idade avançada.
A hérnia inguinal aparece como um inchaço na região da virilha, que aumenta de tamanho com o esforço e diminui ou desaparece, em repouso ou na cama e está acompanhado de vários graus de dor local, chegando mesmo a impedir a atividade diária e correndo o risco de estrangulen.
A hérnia estrangulada é muito dolorosa e o volume inguinal aparece rígido e tenso ao toque, e não se pode reintroduzir no abdômen. Geralmente o acompanham também náuseas e vômitos e pode haver distensão do abdômen, o que requer atenção médica urgente, já que, em poucas horas, o intestino pode perfurar por falta de irrigação sanguínea e provocar uma peritonite.
Os fatores de risco que predispõem ao desenvolvimento de uma hérnia inguinal são: o enfraquecimento dos tecidos devido à idade, a gravidez, a obesidade, o esforço dos músculos abdominais, contribuindo também para a tosse e constipação. O único tratamento definitivo para a hérnia inguinal é a cirurgia, todos os pacintes podem ser operados, exceto para pacientes com alto risco para submeter-se a cirurgia e pacientes com hérnia inguinal direta e de idade avançada, que não apresentam sintomas e, no caso em que pode ser útil em um fardo.