Livrarse dos pêlos para sempre com a depilação

Se você tiver tempo, fazendo com que a cera ou pasándote a depiladora e gostaria de uma solução a longo prazo, não pense que: a depilação é tudo o que você precisa.
O que é a depilação?
A depilação engloba todas as tecnologias para a remoção dos pêlos que utilizam um feixe de luz. Este tipo de tratamentos nos permitem esquecer a depilação por um longo período de tempo, já que se bem que nenhuma delas chega a ser definitiva, sim atrasam o aparecimento dos pêlos.

Existem dois tipos de depilação a que podemos submeter: por um lado, encontramos a depilação feita com laser, e, por outro, a depilação com luz pulsada. Em ambas, o processo de remoção de pêlos é o mesmo: a fototermólise seletiva. Este processo faz com que a energia do laser ou a luz pulsada seja captada pela melanina do folículo, se transforma em calor e queimar a matriz germinativa do cabelo, que não volta a brotar.

Você já se decidido a eliminar os pêlos do corpo através da depilação, mas não sabe qual dos métodos escolher? Explicamos-Te de que maneira para que você possa escolher qual é o mais adequado para você.

Os diferentes tipos de depilação
A depilação a laser é a técnica que se leva usando mais tempo para este fim. É muito mais precisa do que a luz pulsada já que utiliza um feixe de luz monocromático que é mais fácil de absorver pela melanina. O problema do laser é que não se adapta corretamente os diferentes tipos de pele e de pêlos: se a nossa pele é muito escura, ou se o nosso pêlo é branco ou muito fino e claro, a depilação a laser não é a melhor opção.
A depilação com luz pulsada é uma técnica mais recente: nasceu em 1994, e foi aprovada pelo FDA (Food and Drug Administration), em 1997. A luz pulsada usa um feixe de luz policromático que se move em todas as direções. É mais propensa a causar irritação ou queimaduras leves, mas é adequado para todos os tipos de pele e pêlos.
Atualmente podemos encontrar outro método de depilação que combina as vantagens das duas técnicas citadas com outra nova: a depilação com luz pulsada intensa junto com radiofrequência, criado em 2004. Pode ser aplicado em qualquer tipo de pele e de pêlos e, como precisa de uma luz menos intensa, resolve os problemas de vermelhidão ou queimaduras, que podem produzir os métodos anteriores.
Atendendo ao nosso tipo de pele, pêlos, e também ao nosso orçamento, podemos escolher entre um método ou outro. O mais adequado é deixar aconselhar por serviço médico para que nos indiquem qual é a técnica mais adequada para nós.