Nootrópicos: o que são, tipos e qual o efeito que produzem

Certeza que muitos de nós, se nos dissessem que existe uma “pílula mágica”, que ao tomá-la, automaticamente amplificara nossa capacidade mental e melhorar a função cerebral, nos voltar mais inteligentes, ser capaz de dominar a mente, aceitaria ou não? Sinto dizer-vos que isto é mesmo impossível e só acontece em filmes. Não obstante, existem certas substâncias que busca aproximar-se a esta ideia (salvaguardando as distâncias, obviamente). Trata-Se de Suplementos Nootrópicos.

O que são os Nootrópicos?

Os nootrópicos fazem referência a compostos que são consumidos para provocar um determinado efeito no cérebro, melhorando e fortalecendo seu desempenho, incluindo dentro de seu aplicativo, tanto o uso para atividades que necessitem de uma melhor capacidade cognitiva (estudo, trabalho de precisão…), ou um uso desportivo, que nos permita melhorar a conexão mente-sistema muscular, e com isso, sendo a sua finalidade como o uso esportivo (muitos produto de pré-treino os incorporam), ou para qualquer outra actividade, tal como estudar ou trabalhar.

A palavra nootrópicos é formada por nous = mente e tropos = movimento, portanto, podemos deduzir que essas substâncias pretendem “agilizar” a atividade cerebral, amplificando a sinalização neuronal. Outra boa definição poderia ser a de: “Potenciador das capacidades cognitivas, estimulando certas áreas do cérebro que normalmente são mantidos em um estado de letargia”.

Uso de Nootrópico

O uso de nootrópico vai aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro, o que permitirá um melhor suprimento de glicose, nutrientes, a oxigenação, …, algo que será substancialmente propício para se desenvolver de forma efetiva um trabalho, e se, além disso, é necessário executar o trabalho por um longo período de tempo.

Os Nootrópicos são Drogas?

Há que deixar claro que os nootrópicos não são drogas (mesmo se é verdade que um grupo de nootrópico é conhecido por “smart drugs”, ou drogas inteligentes, mas não mais longe do que esta denominação), uma vez que não são substâncias aditivas, e com ínfimos efeitos secundários. É mais, alguns são até mesmo nutrientes que podem ser encontrados em vários alimentos, ervas e/ou plantas, tais como lecitina, ginkgo biloba, grão de café, …

Relação Nootrópicos e Neurotransmissores

Para provocar estes efeitos de melhora cognitiva, os processos que generaran os nootrópicos guardam relação, em alguns aspectos, como o aumento da síntese de acetilcolina, um neurotransmissor que intervém na conexão entre mente e músculo, dando lugar a uma melhora na coordenação. De acordo com o tipo de nootrópicos, é “estimular” um neurotransmissor ou de outro, conseguindo efeitos diferentes:

Potenciar a atividade cognitiva

  • Aumentar o estado de alerta e atenção
  • Aumentar a concentração ou “focus”
  • Energia mental
  • Sensação de bem-estar e atenuar sintomas depressivos
  • Memória e aprendizagem
  • Dormir melhor

Os nootrópicos não se vão converter em um gênio da noite para o dia, mas, se é verdade que podem fornecer clareza mental e apoio para iniciar qualquer atividade diária de que precisa manter o 100% de todas as suas faculdades cognitivas

Por Que Tomar Nootrópico?

Hoje em dia estamos expostos a muita pressão: no trabalho, na faculdade… devemos Sempre dar o melhor de nós para evitar ficar para trás. Mas, no entanto, o nosso órgão central de processamento, o nosso cérebro, pode chegar a “cair” devido a tais circunstâncias. É por isso que oferecer recursos que apoiem a função cognitiva podem fazer uma grande diferença. Dá-Se o caso que potencializam as funções cerebrais através do seu uso continuado, e, neste sentido, pode rever e propor melhorias relacionadas a qualquer área de sua vida: nutrição, saúde, esporte, criatividade, negócios, relações…

Nootrópicos para o Humor

As pessoas que são propensas a sofrer de sintomas depressivos, ou mantêm um estado de “baixo de ânimos”, como também se costuma dizer, eles vão manter esteiras totalmente retraída suas capacidades cognitivas, sendo a falta de motivação um dos efeitos mais negativos que induz a esse estado. O simples fato de pensar em sentimentos de tristeza, culpa ou similares, dificultam o pensamento.

Manter um bom humor às vezes não é questão de força de vontade, e pode acontecer que exista alguma razão que vai além. Em pessoas com acuidade o problema, deverá ir a um médico, no entanto, para aquelas que sofrem de sintomas leves nesta categoria podem participar na mudança. Se és capaz de manter uma atitude positiva, com certeza os seus pensamentos serão mais claros.

Nootrópicos para a Concentração

As substâncias nootrópicas são verdadeiramente eficazes para os temas de aumentar a atenção. As pessoas com problemas de concentração vão apresentar um quadro de baixa capacidade cognitiva, devido a que, precisamente, não são capazes de prestar todo o seu potencial para desenvolver a atividade em questão. Além disso, a isso se associa o que vai marcar um traço de sua personalidade.

Mostrar o máximo de atenção na hora de desempenhar um trabalho de estudo ou trabalho mental é a chave para garantir os resultados, por isso, um grupo muito beneficiado destas substâncias se encontram aquelas pessoas que se encontrem a frequentar o ensino superior ou preparem testes opositoras. Um exemplo de nootrópico vendido no Brasil, focado no aumento da concentração é o ModAlerta.

Nootrópicos para a Ansiedade

A ansiedade afeta muito o nosso bem-estar. Afeta nossos sentimentos, o nosso comportamento e exerce sintomas físicos. A causa primordial pode ser considerado o estresse diário a que estamos submetidos hoje em dia induzido pelo ritmo de vida, e, onde algumas pessoas são capazes de lidar mais facilmente com ele, enquanto que em outras pode realmente vir a ser um tormento.

O estresse gera um esgotamento dos neurotransmissores, tais como dopamina, acetilcolina e serotonina, no cérebro. Não é descabido pensar, portanto, o uso estratégico dos nootrópico como “arma” para incidir na luta contra o stress e reduzir, na medida do possível, a ansiedade acumulada.

Nootrópicos para a Memória

Um dos fundamentos dos nootrópico é o de exatamente provocar um aumento da memória, uma vez que esta funcionalidade vai decrementando à medida que avança o tempo. Em outros casos, por situações de estresse e fadiga levam ao mesmo caminho.

A capacidade de armazenar e recuperar algumas informações do passado vai se perdendo, como degeneração neuronal, ou melhor, entre as interligações destas (sinápsis). A área do cérebro que é responsável pelas tarefas de aprendizagem e memória, o hipocampo. Certas doenças, como o mal de Alzheimer, provêm do agravamento dessa região. Assim, a incapacidade de se poder dispor de uma memória plena, reduz a capacidade cognitiva drasticamente.

Nootrópicos para o Descanso

Dormir o suficiente é essencial para desenvolver a plenitude das capacidades cognitiva. É necessário dar descanso ao cérebro após todo o dia “funcionando”. Apesar disto, há que esclarecer que não é apenas o fato de dormir, há que descansar e recuperar corretamente. Se falharmos nisso, vamos a caminho de não dar tempo para o trabalho de regeneração. (neurogénesis). As conexões neurais vão ser reconstituídas enquanto o corpo repousa e descansa.

Nootrópicos como Anti-aging (longevidade)

A juventude eterna, é o santo graal… Infelizmente não existe nada que perdure, deste modo, não obstante, há uma relação de nootrópicos que permitem aumentar e manter o nível de saúde e bem-estar, o que não é pouco…

Eles vão promover a melhoria do fluxo sanguíneo cerebral e o seu metabolismo, bem como a melhor disposição dos nutrientes atravessando a barreira sangue-cérebro.

Nootrópicos para Desempenho Esportivo

Às vezes, quando nos encontramos diante de uma prova desportiva, a conexão mente-músculo, é essencial. E é que sem a suficiente convicção, para obter o sucesso, sabendo que nosso treinamento poderá ser refletido nesse momento, será mais complicado. Manter uma situação de máximo abordagem é uma resposta muito necessária para enfrentar com plenas garantias da competição, o treino mais exigente ou procurar o nosso recorde de levantamento.