Óculos de sol esportivos: como escolher as melhores para você

Se bem que a chegada do verão, envolve múltiplos benefícios e encoraja-nos a fazer exercício ao ar livre, também ela associadas outros inconvenientes que podem se transformar em um verdadeiro incómodo na hora de treinar. Estamos Nos referindo à incidência dos raios solares, e o aumento das horas de luz natural que, muitas vezes, obrigam-nos a calzarnos os chinelos sob um astro incandescente.
Tanto é assim, que para se proteger de ele corretamente é fundamental para preservar a nossa saúde, um ponto em que o protector solar, mas também os óculos ganham especial importância. Mas, como podemos escolher estas últimas com conhecimento de causa? O que devemos olhar para fazê-lo corretamente?
Como proteger os olhos ao fazer desporto

Existem uma série de fatores que devemos levar em conta na hora de apoiar-se em um modelo de óculos ou de outro. Para começar, você terá que contar com um filtro UV de, no mínimo, 99% -as de grande qualidade, que oferecem 100%-, assim como um filtro de luz adequada para a disciplina que vamos praticar. Este último conta com quatro categorias ou níveis, que vão de zero a quatro, em função da luz visível que deixam passar.
O número determina escuras que são, mas não a proteção que oferecem (quanto mais alta, mais opacas serão). Também encontramos vidros foto cromática capazes de alterar a intensidade do filtro em função da luz que recaia sobre o vidro, mas não é muito comum vê-los em armações esportivas.
O tipo de disciplina, se pratica em plena montanha, o momento do dia, a umidade do ambiente ou a ausência dela, se envolve movimentos bruscos, e o ambiente onde o levar a cabo serão outros pontos que deverá ter em conta e que condicionarão a sua escolha. Embora já incidiremos sobre estas questões mais tarde.
Óculos de sol para cada modalidade e ambiente

Desta forma, se sais a correr pela montanha, em pleno sol, escolhe umas polarizados, reduzem o brilho do sol, melhoram o contraste e evitar os reflexos que se projetam sobre a grama e similares. Não há necessidade de que sejam de tela, mas sim grandes e que contem com a fixação, adequada para suportar os altos e baixos de seus pés, evitando os obstáculos do terreno.
Decántate o policarbonato no lugar do vidro, pois este material é mais leve e suportará melhor as possíveis quedas. No alto da montanha, o filtro IR (infravermelho) é também aconselhável.
Para o esqui, surf ou vela as mais adequadas são as lentes gradientes, ou seja, as que contam com uma sombra escura na parte superior do vidro e cuja finalidade é a de reduzir o brilho do céu. Também é fundamental que se adaptem bem a sua cara, desta forma, evitará que se apressar a água. O acabamento em espelho ajudá-lo a eliminar uma certa quantidade de luz em altas exposições.

A cor do vidro é outro ponto que não pode deixar de valorizar. Por exemplo, os amarelos aumentam nossa percepção da luminosidade, razão por que devemos descartá-las em esportes como os citados acima (embora não para o ténis ou padel, por exemplo). No entanto, os verdes polarizadas são muito apropriados para o asfalto e, especialmente, para o ciclismo. Para o esqui e a montanha, os ideais são os marrons ou cinzas.
E, se você suar muito ao exponerte a temperaturas extremas, o que faz com que tenham uma ponte nasal ajustável, evitará que se empañen com facilidade. Que sejam curvadas será outro aspecto muito de agradecer as disciplinas aquáticas, em escalada e similares, pois se proteger da luz periférica.
Outras dicas para se proteger do sol
Para terminar, e para além de óculos e protetor solar, existem outro tipo de truques que te ajudarão a combater o calor e o treinamento sob os raios do astro rei. Equipe-se com roupas adequadas, por exemplo, é fundamental. Aqui estamos nos referindo a coisas tão simples como optar por uma viseira em vez de por um boné que quente toda nossa cabeça, por t-shirts respiráveis, e por tecidos que evitar as incômodas assaduras causadas pela aderência do tecido para a pele úmida.
Hidratarte corretamente e aplicar um creme tipo after sun depois do exercício, serão também fundamentais para evitar complicações durante e após a sessão de treino. Para não falar de outros truques e dicas de como sair para correr nas primeiras e últimas horas do dia, examinando sua pele regularmente, e assim por diante.