Os riscos da doação de óvulos

Em que consiste a doação de óvulos
A doação de óvulos é descrito como o processo de entrega de óvulos de uma mulher para outra, de forma anónima e totalmente desinteressada, com o único objetivo de que a receptora possa cumprir o seu desejo de ser mãe.

Geralmente as mulheres produzem mensalmente óvulos maduros que esperam ser fecundados para poder gestar um bebê. Caso isso não aconteça durante os dias férteis, o óvulo se perde, dando lugar ao período de menstruação. É assim que, a grandes traços, como funciona a ovulação e este é um processo natural em que vivem as mulheres em idade fértil e saudáveis.

Os oócitos são a reserva prévia a se transformar em óvulos maduros, apenas um deles, conseguirá tudo isso e ter o poder de ser fecundado ou de perder a sua utilidade e eliminados através da menstruação. A doação de óvulos permite que as mulheres com mais dificuldade de amadurecer os óvulos ou com problemas para engravidar possam cumprir o seu desejo de ser mães, usando óvulos que não vão ser utilizados por outras mulheres.

Os casos mais freqüentes de mulheres que necessitam de óvulos externos são aquelas com circunstâncias específicas que lhes impedem de ser mães, por si mesmas, com seus próprios óvulos, já que estes não são maduros e, portanto, não são úteis. Isto ocorre quando existem anomalias genéticas que não permitem a fecundação de um bebê, dado que os cromossomas dos óvulos são defeituosos.

A mulher que deseja doar óvulos deverá cumprir os requisitos da legislação vigente de cada país, que podem ser consultados em sua clínica. Uma vez que o médico determine que o doador é compatível com a receptora deverá sincronizar seus períodos de ambas, para que se encontrem na mesma fase do ciclo menstrual e da doação e recepção de óvulos seja 100% eficaz e bem sucedida.
Efeitos ligeiros de doação de óvulos
Em casos normais e, de maneira geral, os efeitos e riscos da doação de óvulos são mínimos, isto é, durante o tratamento da doadora não vai beneficiar apenas sintomas, além do que poderia sofrer durante o ciclo menstrual, com uma intensidade leve.

Os efeitos mais leves e comuns de doação de óvulos são:

Cansaço ou fadiga
Dor de rins
Inchaço e desconforto na área abdominal
Sensação de peso nas pernas
Mudança de humor devido à hormonación do tratamento

Lembre-se que durante o processo de doação de óvulos, tanto o doador como o receptor devem se submeter a um tratamento médico que lhes permita sincronizar seus ciclos menstruais. Chama-se A isso estimulação ovariana que ativa a produção e maturação de óvulos. Uma vez amadurecidas será realizada uma extração, conhecido como punção folicular, ou seja, uma pequena intervenção cirúrgica muito simples e realizada sob anestesia. O médico especializado em doação de óvulos te dar todas as informações ao respeito. Não hesite em consultá-lo!

Efeitos colaterais
Lembre-se que o tratamento para ser doador de óvulos é hormonal, já que a finalidade é fazer com que seus ovários produzem mais hormônios. Então, durante e depois de realizar o tratamento, o efeito colateral que você vai notar é o inchaço, dado que os medicamentos são flangeado seus ovários, a fim de fazer. No entanto, este tratamento não afeta igual a todas as mulheres.

Não está cientificamente provado que a hormonación durante o processo de doação de óvulos provoque um aumento de peso ou propicie o aparecimento de acne ou pêlos do corpo. No entanto, como já destacado anteriormente, a medicação pode propiciar o aumento de volume corporal, devido à retenção de líquidos administrados durante o processo. Falamos de uma sensação de inchaço similar à da síndrome pré-menstrual, que em nenhum momento coloca em risco a nossa saúde. Este é um sintoma normal e temporário que termina, durante a recuperação da coleta de oócitos para a doação de óvulos.

Síndrome de hiperestimulación ovariana
Durante o processo de doação de óvulos os sintomas de baixa gravidade, como os que temos destacado anteriormente, são os mais comuns. No entanto, podem aparecer outros mais irritantes e de maior gravidade. Isso ocorre quando o medicamento não funcionou da maneira esperada, ou quando o corpo reage ao tratamento mais intensamente.

Falamos de síndrome de hiperestimulación ovariana como um dos riscos que mais devem controlar os especialistas. Esta síndrome pode ocorrer durante o último período do tratamento, devido à administração de hormônio HCG que se favorece a ovulação. Lembre-se que a mulher produz um óvulo por mês, em um ciclo menstrual normal, mas para a doação é necessário obter mais óvulos para aumentar a probabilidade de fertilização externa.

Os sintomas do SHO podem ser aumento de peso, dor abdominal ou distensão abdominal em casos leves, mas pode chegar a se complicar, dependendo do tempo que tem estado a sobrestimulando o ovário. É importante que você comenta qualquer tipo de sintoma, por leve que pareça, a seu médico, e ainda mais se você está se submetendo a um tratamento de hiperestimulación ovariana para aumentar a produção de óvulos. Ele lhe dará o tratamento e as orientações de prevenção adequadas.
Comunicação médica
Ao submeter-se ao tratamento médico de doação de óvulos, é fundamental informar ao especialista de qualquer sintoma ou desconforto que pode se sentir como doador. Toda informação que possa contribuir com o seu médico sobre como você se sente, é uma ferramenta primordial para evitar consequências graves durante a doação.

Podem, muitas vezes, padecerse alterações insignificantes, a priori, mas que podem desencadear uma síndrome de hiperestimulación ovariana ou outros. Lembre-se, embora os riscos da doação de óvulos seja mínima, existem os casos de gravidade que devem ser controlados por médicos especialistas. A prevenção será fundamental para garantir a sua saúde, não esqueça.
Este artigo é meramente informativo, em MedicamentosClub não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento médico, nem fazer qualquer tipo de diagnóstico. Nós convidamos você a ir a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de doença ou mal-estar.
Se você deseja ler mais artigos parecidos com Os riscos da doação de óvulos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde da Família.