Por que saem as boqueras?

As boqueras ou queilitis angular é uma lesão que pode aparecer no canto dos lábios e tem múltiplas causas. Pode ser uma lesão crônica que se intensifica em determinados momentos, devido a uma infecção ou deficiência de nutrientes. O que sim está claro é que é sintoma de que algo não vai bem.
A queilitis angular é um pequeno corte na pele que costuma estar recoberta por uma membrana esbranquiçada no canto dos lábios. Em muitas ocasiões, as boqueras aparecem após um mau cuidado de uma simples lesão na área. Seja comendo, por um gesto infeliz, ou porque temos levado à boca, algo que não deveríamos, ocorre uma régua ou corte na zona do bordo e, depois, aparece a dolorosa e feia boquera. Este problema pode ocorrer porque a ferida tem proliferado um fungo ou bactéria, que foi transmitida para a área de contacto. Por exemplo, se estamos a tocar de forma insistente esta ferida, podemos atrasar a cura da mesma e piorar a situação transmitindo fungos ou bactérias da mão para a boca. Se não for tratada a tempo, ou que a infecção é muito agressiva, a boquera pode chegar a estender-se a mucosa do interior da boca.

A forma de evitar isso é manter uma correta higiene nas mãos e na boca. Milhares de bactérias vivem em ambos os lados do corpo de forma habitual e podem passar facilmente de um lado para o outro. Evitar o contacto entre ambas, para que nenhum agente externo interfira na cura desta ferida é fundamental. Outro fator que pode agravar a boquera é o excesso de umidade, já que é neste “caldo de cultura”, onde bactérias e fungos estão mais confortáveis. Mas é complicado de realizar, já que umedecer os lábios parece aliviar a tensão produzida pela boquera ou ferida.
Outra das causas comuns é uma má alimentação. Isto deriva de uma falta de nutrientes e minerais essenciais como o ferro, o fósforo ou vitaminas como a B12. As boqueras aparecem de forma mais regular e persistente em pacientes com estas carências, por exemplo, aqueles que apresentam um quadro de anemia. Perante esta situação, é importante manter a área seca e recorrer ao médico de família para que possa avaliar a lesão e recomendar um tratamento adequado. Na maioria dos casos, pode-se curar com a aplicação de uma pomada antibiótica ou antifúngica.
Como evitar as boqueras
As boqueras podem aparecer por uma alimentação pouco saudável, por um sistema imunitário fraco e por gestos bruscos. É importante cuidar da pele da área dos lábios, mantê-la hidratada e elástica, para que não se quebre com facilidade ao bocejar ou comer. É claro, manter uma alimentação saudável e variada, nos ajudará a ter um aporte de minerais e vitaminas necessários para que as boqueras não aparecem com facilidade. Desta forma combatiremos o défice de vitaminas e de ferro. Por último, se o que sofremos é um sistema imunitário fraco, o principal é visitar o médico para saber a causa. Em muitos casos, o estresse nos enfraquece e com o consumo de um suplemento vitamínico será suficiente para reponernos e não padecer esta incomoda lesão.