Remédios caseiros para aliviar cólicas prémenstruais

A síndrome pré-menstrual pode alterar a vida de qualquer mulher, física e emocionalmente. Se assim não há por que se contentar com a sofrer desconfortos todos os meses da vida. Conhecendo as causas, os sintomas e seguindo algumas medidas é possível sair invicta de cólicas e o mau humor.
As principais moléstias anteriores a chegada do ciclo são a inflamação e dor nos seios e no abdômen, retenção de líquidos, dor de cabeça, cansaço e irritabilidade. Estes sintomas podem paliarse muito bem com truques como os seguintes:
Colocar para ferver água com dois pacotes de lascas de canela, anis, eucalipto e noz-moscada ralada. Esta infusão deve ser tomado duas vezes ao dia, dois dias de antecedência à data em que normalmente começam a sentir as cólicas.
A urtiga e a cauda de cavalo, ajudam as mulheres a diminuir o inchaço, aliviar a dor no peito e no abdômen, graças às suas propriedades depurativas e diuréticas. A camomila, por seu efeito antiespasmódico, é eficaz para aliviar as dores pré-menstruais.
A valeriana e lavanda ajudá-lo a libertar a irritabilidade e o mau humor. Por outro lado, o espinheiro é a melhor alternativa natural contra o cansaço que te invade nesses dias.
Fazer amor é um bom remédio, além totalmente natural, porque o orgasmo ajuda a aliviar as dores.
Fazer exercício de forma regular também ajuda. Caminhar ou nadar, favorece a circulação.
Nesses dias é muito importante o cuidado com a alimentação. Há que comer legumes, frutas e alimentos ricos em ferro, que compensam a perda de sangue e melhoram a sensação de esgotamento própria desses dias.
Há que restringir o consumo de sal e açúcares simples, que provoca inchaço e aumento de peso. Comer menos comida, mas mais frequentemente.
Beber muita água. Pelo menos 8 copos ao dia, ajuda a combater o inchaço.
Evitar o café e as bebidas excitantes. Além disso, o álcool altera o sistema nervoso e dificulta a absorção de ferro.
Um cobertor elétrico ou uma bolsa de água quente no abdômen ou rins,ajuda a diminuir a dor.