Remédios Caseiros Para Conjuntivite

A conjuntivite é uma irritação que afeta os olhos e pode ter várias causas. Existem vários tipos de conjuntivite e qualquer pessoa pode sofrer com esta terrível moléstia.
Quando a conjuntiva se irrita, os vasos sanguíneos que a compõem se dilatam para expulsar substâncias tóxicas e levar os anticorpos protetores para a superfície do olho.
Índice

1 Sintomas
2 Causas
3 Tipos de conjuntivite

3.1 Alérgica
3.2 Infecciosa
3.3 Tóxica
3.4 Bacteriana
3.5 Crônica
3.6 Conjuntivite em crianças

4 Remédios naturais para a conjuntivite

4.1 Compressas de cenoura

5 Recomendações
Sintomas
Aborrecimento para luz, seja artificial ou natural,
Olhos vermelhos e irritados,
Olhos inchados,
Dor de cabeça,
Lacrimejamento,
Secreção,
Sensação de ter areia nos olhos
Causas
Infecções por vírus associados a resfriados ou gripe, herpes simplex.
Infecções bactérias contraídas por contato entre as mãos e os olhos ao tocar qualquer coisa que tenha estado em contato com uma substância infecciosa.
Corpos estranhos que se encontrem sob as pálpebras.
Exposição à luz ultravioleta.
Alergias causadas por produtos cosméticos ou de soluções utilizadas para limpar as lentes de contato.
O vento.
Fumaça e outros poluentes do ar.
Cloro da piscina.
Tipos de conjuntivite

Alérgica
As pessoas que sofrem de alergias, como rinite, quando entram em contato com um elemento que desencadeia a crise alérgica, podem apresentar irritação nos olhos. Este não é um tipo infeccioso de conjuntivite.
Infecciosa
Como é causada por uma infecção de fungos ou bactérias, este tipo é contagiosa, por isso que ter contato com objetos pessoais usados por uma pessoa infectada pode transmitir a todos aqueles que os utilizam.
Tóxica
A exposição a produtos tóxicos, como os de limpeza ou pintura, elementos que irritam os olhos, como o fumo, maquiagem ou até as tintas de cabelo, podem causar a irritação aos olhos.
Bacteriana
As conjuntivites bacterianas, contagiosas, podem ser causadas por várias bactérias, como o pneumococos, estafilococos, gonococo, etc.
Geralmente começam em apenas um olho, passando facilmente para o outro. Podem ocorrer complicações muito graves, como o “endurecimento” das pálpebras, conjuntivite diftérica. O olho fica semiaberto.
Nos casos mais graves, aparecem úlceras que podem evoluir de forma preocupante, até a cegueira. É comum que apareça secreção mucopurulenta, amarelada, que se deposita no canto do olho. Ao amanhecer, às vezes é difícil abrir o olho, cujos pálpebras ficam “colados”, devido às secreções.
Crónica
A conjuntiva pode ficar cronicamente inflamada, em determinadas situações, como defeitos que alteram a posição dos olhos e esforço excessivo da visão, por exemplo, em motoristas que precisam trabalhar durante a noite.
A inflamação aguda, mal tratada, também pode se tornar crônica, caracterizada por sintomas leves, mas constantes, como ardor, irritação, vermelhidão, sensação de peso, com que o paciente acaba por se acostumar, negligenciando o tratamento.
Conjuntivite em crianças
Em crianças, aparece com razoável freqüência a conjuntivite folicular provocada por sensibilidade à luz solar.
Há vermelhidão, intenso cintilação e formação de pequenos nódulos na parte de dentro da pálpebra. Os agentes ambientais, como o fumo, o pó e o pólen são causa comum de conjuntivite em crianças.
Deve-Se estudar também a contribuição dos vírus e das bactérias. Em particular, as conjuntivites bacterianas merecem um cuidado especial.
Remédios naturais para a conjuntivite
Olha isso super Remédios Caseiros para conjuntivite:
Alternar compressas de água fria com água quente, deixando cerca de 5 minutos sobre os olhos. As frias contraem os vasos sanguíneos dilatados aliviando assim os olhos vermelhos e a inflamação.
Coma uma porção de iogurte de leite de cabra e também aplique um cataplasma de iogurte todos os dias.
Mergulhe a cara (e faça piscar os olhos) duas vezes ao dia em um recipiente de água com uma colher de sopa de sal.
Aplique um cataplasma quente de maçãs cozidas, batatas cruas ou pepino ralado enrolado em um pano.
Aplique compressas de sacos úmidas de chá ou pedaços de pano molhado em chá concentrado de camomila.
Compressas de cenoura
A cenoura funciona como um anti-inflamatório natural, ajudando a controlar os sintomas da doença.
Ingredientes
1 cenoura,
Algodão ou gaze.
Preparação
Passar a cenoura, a batedeira e usar o suco para fazer compressas molhadas com algodão ou gaze.
Deve-Se colocar a compressa sobre o olho fechado durante 15 minutos. Para melhorar o efeito, recomenda-se renovar a compressa a cada 5 minutos.
Isso pode ser feito 2 vezes ao dia, sempre após a lavagem dos olhos com água ou soro fisiológico.
Recomendações
Para prevenir a conjuntivite, sugerimos:
Não tocar em qualquer objeto que tenha sido utilizado por uma pessoa com conjuntivite.
Para ajudar a manter a saúde dos olhos, muitos especialistas da visão recomendam um comprimido diário que contenha vitaminas A, C e E.
Não se exponha à água da piscina se tiendes a sofrer de conjuntivite, ou trata de usar óculos para natação.
Uma vez que você tem conjuntivite:
Uma higiene pessoal meticulosa ajuda a evitar a re-infecção ou transmissão de infecções oculares. Portanto:
As mãos devem ser lavadas antes e depois de tocar os olhos.
A roupa de cama, toalhas, almofadas e qualquer objeto de tecido que entre em contato com os olhos devem ser lavados separadamente.
Os cosméticos não devem ser compartilhados.
Não use uma máscara para tapar os olhos a menos que o médico lhe recomende, pois pode provocar a proliferação de organismos infecciosos.