Remédios Caseiros Para O Enjoo Ou Tonturas

O corpo é dotado de mecanismos sofisticados para mantê-lo em equilíbrio. Um deles é o sistema vestibular, localizado no ouvido interno.
Quando há descompas entre o que os olhos vêem e o movimento, começam a aparecer os primeiros sintomas do enjôo.
Comer demais, comer muita gordura, uma refeição “pesada”, ou mesmo que não comer nada, pode favorecer o enjôo.
O cigarro, o álcool, o odor desagradável, o ruído excessivo e o ar viciado, são fatores desencadeantes de desmaio ou vertigens.
Às vezes, a causa da loucura reside em algum problema orgânico, provavelmente de origem digestivo, como a dispepsia biliar. Alguns estudiosos sugerem que a falta do complexo B na dieta pode aumentar a propensão a ficar sonolento ou ter tonturas.
Além das causas orgânicas, são as causas psicológicas. Quem se preocupa demais com o desconforto e acha que vai ficar doente ou vomitar, é provável que aconteça.
A laberintitis é um distúrbio que leva a cinetosis. Por outro lado, quem apresenta constantes tonturas deve verificar se não sofre de laberintitis. Alguns parasitas, como a giardiose, favorecem também a aparição da cinetosis.
Índice

1 Remédios naturais para o enjoo ou tonturas

1.1 Gengibre
1.2 Hortelã
1.3 Poejo
1.4 Camomila

2 Dicas para evitar o enjoo ou tonturas
Remédios naturais para o enjoo ou tonturas

Gengibre
Esta planta é excelente para o tratamento da cinetosis, ajudando a aumentar a produção de suco gástrico e a saliva, o que beneficia a digestão.
A preparação do chá: Rale uma colher de sopa de raiz de gengibre e coloque-o em uma xícara de água fervente. Tampar e deixar por 10 minutos. Depois, deve ser cozido e beber pouco a pouco, ao longo do dia, sem adoçar. Este chá também pode ser utilizado para o alívio dos tonturas casal, normalmente associados ao início da gravidez.
As cápsulas de gengibre também pode ser usado para os enjoos de movimento. Tome 6 cápsulas de 500 mg de gengibre em pó, 45 minutos antes de começar a viagem.
O gengibre cristalizado pode ser mastigado para o alívio rápido, sem causar nenhum efeito colateral.
Hortelã
O chá de menta e chá de erva-doce são ótimas para a digestão e acalmar o estômago, dando alívio em tais casos.
Preparação:
Ferva meio litro de água, acrescente duas colheres de sopa de folhas frescas de hortelã e uma colher de sopa de sementes de erva-doce,
Deixar ferver por alguns minutos, quando estiver morno beber sem adoçar.
A dose indicada por dia são dois copos. Não deve ser consumido por pessoas com problemas gástricos como úlcera ou gastrite e também por crianças ou bebês.
Poejo
Este chá é muito macia, de sabor agradável e bastante eficaz no tratamento de tonturas.
Preparação:
Ferver uma xícara de água e adicione uma colher de sopa de ramos frescas ou secas da planta. Deixar em infusão por cinco minutos, servir e tomar. Você pode beber de duas em duas horas.
Camomila
A camomila acalma o estômago e, assim, se o desmaio é causado pela indigestão, é um dos melhores remédios caseiros para o enjôo.
Preparação:
Ferver uma xícara de água e adicionar uma pequena porção (uma colher de sopa cheia, mais ou menos) de flores de camomila, deixando em infusão por cinco minutos, coar depois desse tempo. Beber quando estiver frio, pouco a pouco.
Dicas para evitar o enjoo ou tonturas
Olhar para um ponto fixo e ficar parado. Não mover a cabeça, olhando para trás ou para o lado. No caso de viagem de barco, não olhar na linha do horizonte, que “se move” em relação à referência do navio.
Respirar lenta e profundamente é ideal para relaxar e aliviar o enjôo.
Evitar ler durante a viagem. Ou trazer o livro mais perto dos olhos.
Não comer antes da viagem, alimentos pesados, ou qualquer coisa que lhe faça mal.
Viajar no banco da frente do carro e se concentrar na estrada, por diante.
No avião, fechar os olhos, relaxar, respirar profundamente, ou olhar para um ponto fixo.
No ônibus, evitar lugares na parte de trás, onde o balanço é mais intenso. No barco, preferir lugares mais ao meio ou à frente da embarcação.