Sintomas da serotonina baixa

Você também pode gostar: Como tratar a serotonina baixa
Passos a seguir:
1

Quando a serotonina está baixa, nós experimentamos uma série de sinais concretos que vão relacionados com o desequilíbrio deste neurotransmissor. Um dos efeitos mais imediatos é ter uma atitude negativa, já que o cérebro, ao estar sob deste hormônio, não é igualmente capaz de criar emoções e pensamentos positivos. Com isto está relacionado a uma atitude irritável já que você não é capaz de ver o lado bom das coisas e se obcecas nas partes mais negativas da vida.
2

Outro dos sintomas da serotonina baixa é sofrer de ansiedade. Tenha em conta que não ter regulados os níveis desta hormona pode produzir episódios depressivos e, portanto, também aparece uma ansiedade agitada e nervosa. Isso ocorre porque, ao não nos sentirmos bem com nós mesmos, nós nos preocupamos, nós damos voltas à cabeça e estamos repetindo idéias em nossa mente que são negativas e escuras.

Também pode ocorrer que tenhamos uma atitude obsessiva e que não podemos deixar de pensar sobre o que nos preocupa, fazendo com que seja mais difícil sair deste círculo vicioso.
3

Já indicado anteriormente que um dos sinais que se relacionam com um desequilíbrio da serotonina é uma atitude irritável. O motivo é que não estamos bem com nós mesmos, que, além disso, o nosso cérebro não é capaz de gerar pensamentos positivos e que, a nível químico estamos debaixo de ânimo. Assim que, é evidente, que a nossa atitude estará mais distante, mal-humorado e um tanto sensível, por isso que se ultimamente sente que está mais agressivo e mal-humorado, pode ser que a causa seja que você baixa da serotonina.
4

Além de uma atitude irritada, ter sob esse neurotransmissor também afeta o seu humor e você vai se sentir mais em voga, triste e apático. É comum que as pessoas com esta condição não tenham vontade de fazer nada, se sentirem tristes, sem saber muito bem por que e não quiser ver a gente nem se relacionar com ninguém. Você tem que vigiar com este tema, pois, se não for tratada a tempo, pode-se chegar a uma depressão do que é mais complicado poder sair facilmente.

5

Ao não se sentir bem com você mesmo, por não ter vontade de se relacionar com ninguém e, por ser mais caro criar pensamentos positivos, é comum que as pessoas que vivem esta situação comecem a ter uma auto-estima baixa, colocando em dúvida a sua segurança e apresentando momentos de medo, timidez ou ansiedade social.

Isso acontece porque quando não estamos bem animicamente, tendemos a aislarnos, a ficar sozinhos em casa e não comunicar, no decorrer do tempo, esse isolamento pode ser tão real que chega a custar relacionar-se com os outros. Então, se estás com alguns dias com essa sensação, vai ao médico para que se examine, pois é provável que seja uma causa médica, e não apenas psicológica.
6

Ao ter uma alteração hormonal, é possível que te mortifiques problemas de sono, já que a ansiedade e a preocupação fará com que não seja fácil conciliar o sono ou que o tenha, de forma interrompida despertándote em diferentes momentos da noite. Os nervos, a sensação de negatividade e as preocupações farão com que a sua mente não possa desligar completamente e, por isso, que tenha episódios de insônia.
7

No caso de que a serotonina está em níveis muito baixos, os sintomas associados podem ser alterados e pode ser que se depara com situações como as seguintes:

Pensamentos constantes e muito acelerados

Ideias muito negativas e malpensadas

Emoções em estado apático (parece que nada nem ninguém se importe nem afecte)

Explosões de raiva ou choro profundo

Mudanças bruscas na temperatura do corpo

Dores gastrintestinais

Pensamentos obsessivos (medo das doenças, germes, etc.)

Pensamentos suicidas

8

Estes são os sintomas da serotonina baixa que mais pessoas apresentam quando sofrem este desajuste hormonal. Mas por que ocorre esta condição? Há diferentescausas que afetam diretamente a este neurotransmissor e, em seguida, te-las para que você entenda qual pode ser a origem:

Falta de triptofano: já temos indicado que a serotonina aparece quando nós introduzimos este aminoácido no organismo, então, pode ser que tenha baixos níveis de serotonina porque não tome proteína suficiente em sua dieta, ou porque este nutriente esteja inibido por outras substâncias, como, por exemplo, o álcool, a cafeína, adoçantes químicos, etc.

Estresse crônico: se você sofre de stress, de forma crónica, também é possível que se reduza a quantidade de neurotransimisor já que o cérebro tem que usar uma maior quantidade do mesmo para poder estar calmo e concentrado em momentos de nervosismo e ansiedade.

Falta de luz solar: está comprovado que os raios solares estimulam a produção de serotonina, assim, que durante o inverno ou em épocas de chuva você pode ver afectado o seu estado de espírito por este motivo, este fato também explica por que, em países nórdicos, a taxa de depressão e suicídios é tão elevada.

Além disso, também deve saber que as mulheres produzem quantidades inferiores de serotonina do que os homens, motivo pelo qual tendem a se sentir mais vezes deprimidas, tristes ou com mudanças de humor notáveis.
9

Como já foi indicado, uma das causas mais comuns de ter serotonina baixa é que não se tome uma alimentação correta e, por isso, nosso organismo não é capaz de gerar os níveis de que precisamos para nos sentirmos bem. Por este motivo, então, vamos descobrir-te os melhores alimentos para aumentar a serotonina:

Carboidratos: fornecem uma grande quantidade de energia para o nosso organismo e por isso que nos sentiremos mais vitais e com força para fazer qualquer atividade. De fato, o chocolate é um dos alimentos que mais ajudam a subir esta hormona mas você tem que prestar atenção com o seu consumo, pois é muito rico em açúcares e gorduras saturadas.

Ovos: são ricos em triptofano, o aminoácido que consegue criar esta hormona, assim que comer ovos estamos adicionando a base sólida para que apareça serotonina em nosso organismo. Além disso, é muito rico em proteína animal, o que conseguirá aumentar os níveis de forma rápida.

Frutos secos: também contêm triptofano pelo que nos ajudará em nossa situação. Além disso, são ricos em proteína vegetal, que são uma alternativa perfeita para rechear suas saladas ou cremes, mas você tem que limitar o seu consumo, pois são muito calóricos.

Lácteos: também são ricos em proteínas, e em triptofano, por isso são ideais para adicionar à sua dieta e fazer com que este hormônio esteja nos níveis necessários. Entre neste grupo destacam-se o leite e todos os seus derivados (iogurtes, queijos, manteigas, etc.).

Banana: de entre todas as frutas, a banana é a mais adequada para tratar a serotonina baixa, já que é a que traz uma maior quantidade de triptofano.
10

Além de fazer importantes mudanças em sua alimentação, se você apresenta algum dos sintomas que te mencionamos, é importante que acudas a um médico para que ele possa indicar-lhe qual é a melhor forma de tratar esta condição. Pensa que, se não o solventas a tempo, a instabilidade hormonal pode fazer com que caia em uma depressão. Neste artigo de MedicamentosClub contamos-lhe como tratar a serotonina baixa.
Este artigo é meramente informativo, em MedicamentosClub não temos autoridade para prescrever qualquer tratamento médico, nem fazer qualquer tipo de diagnóstico. Nós convidamos você a ir a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de doença ou mal-estar.
Se você deseja ler mais artigos parecidos com os Sintomas da serotonina baixa, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde da Família.