Vacinas para a Gripe A

Há meses que, infelizmente, deu início a pandemia de Gripe A e ainda continua a ser um dos temas mais importantes a nível mundial. Segundo os entendidos, em pouco tempo estarão prontas as vacinas para começar a proteger as pessoas em todo o mundo do vírus H1N1. Este blog de saúde fará referência a uma importante notícia que demonstra que os países desenvolvidos também pensam nas nações mais pobres. Estamos falando da doação de vacinas da OMS para serem distribuídas em países em desenvolvimento.

Em relação ao tema das vacinas contra a Gripe A (H1N1), há alguns dias, levou estado público uma declaração da diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), dra Margaret Chan, sobre doações de doses de vacinas contra a doença. As mesmas foram realizadas por diversos países, entre eles Estados Unidos, e serão destinadas aos países em via de desenvolvimento.
Segundo explicou a doutora Chan, por meio de sua declaração, a qual pode ser consultada no site da OMS, as vacinas foram doadas pelos estados UNIDOS, Austrália, Brasil, França, Itália, Noruega, Nova Zelândia, Reino Unido e Suíça.
Esta doação mostra o compromisso dos países para que a vacina chegue a todos os cantos do planeta. Em relação a este tema, Chan explicou que existe um compromisso com o princípio de equidade na distribuição desses recursos, informou a web, que acrescenta que, atualmente, as doses existentes não são suficientes, tendo em conta que os mais de 6.500 milhões de habitantes do mundo podem contrair o vírus H1N1 causador da Gripe A.
Os últimos dados fornecidos pela Organização Mundial de Saúde indicam que os casos confirmados de Gripe A H1N1 rondam os 318.925, sendo a região das Américas é a mais prejudicada. Também é importante destacar que esta doença já causou a morte de cerca de 3.917 pessoas, de acordo com dados divulgados pela OMS, através de seu site.