Vantagens dos implantes dentários

Quando se perde um dente, o osso que rodeava a raiz de ele começar a diminuir ou atrofiarse e os dentes adjacentes tentam ocupar o espaço do dente perdido. A perda de um dente não afeta apenas o sorriso, mas que, além disso, muda a forma do rosto, o que faz com que se veja prematuramente envelhecido.
Atualmente, existem diversos tipos de próteses dentárias para substituir a perda de uma peça dentária, mas a solução mais confortável, eficaz e duradoura é, sem dúvida, o implante dentário. Além disso, desde os primeiros implantes criados, progressivamente apresentam inovações que estão melhorando o seu desempenho e reduzindo o seu custo, tornando-o muito mais econômico para o paciente.
Procedimentos
O estudo clínico e radiológico permite realizar um correto diagnóstico prévio à colocação do implante dentário. O implante dental é geralmente um pequeno componente de
titânio que substitui a raiz do dente perdido e se insere no osso. Sobre ele foi colocada uma coroa, que é a parte visível, que restaura a funcionalidade e estética da peça.
O implante dental é recomendado para casos de perda de dentes por doença (doença periodontal, cáries, etc), após a perda dentária devido a acidentes e em caso de ausência congênita de dentes. Em geral, cada peça perda deve ser substituído por um implante. Não obstante, em algumas regiões da boca, onde os dentes recebem menos carga, é possível reduzir o número deles.
O implante é geralmente colocado com anestesia local, e alguns, como os de carga imediata, que permitem a redução de todo o processo. Os últimos avanços na implantodontia permitem, na mesma sessão, se realizar a extração de um dente, colocar o implante e incorporar imediatamente a prótese provisória, substituindo o dente no momento.
Os implantes assistidos por computador, CAD-CAM, se fixam de forma muito mais precisa e indolor, pois anteriormente se realiza uma TAC (Tomografia Axial Computorizada) o paciente que fornece toda a informação anatómica necessária. Também há menor probabilidade de que a coroa se soltar com o tempo e, a nível estético, o resultado é mais eficaz.

Vantagens dos implantes dentários
É a opção mais segura, pois a prótese está ligada ao osso, e não a outros dentes.
Evita a perda óssea ao manter a característica sobre o osso.
A sensação masticatoria é semelhante a um dente natural.
Tem maior duração, com taxas superiores a 90%, em períodos de 20 a 30 anos.
O osso é submetido a uma força semelhante ao mastigar com os dentes naturais, o que permite manter a sua forma biológica.
Ocorre osteointegração, que é uma união direta a nível molecular da superfície de titânio do implante com o osso. Esta união é tão forte que a única forma de separar o titânio do osso seria extraindo o osso que o rodeia. A osteointegração, tem lugar em cerca de 6-8 semanas.
Em casos de perda completa de todos os dentes, os implantes dentários são a solução ideal para melhorar a qualidade de vida, pois muitos pacientes que levam próteses completas, verifica-se uma dificuldade considerável para atender as dentaduras de põe e tira. O implante dental é fixo e confortável e não há peças das quais se preocupar porque uma vez foi colocado continuarão funcionando bem.
Ausência de dor. Em qualquer momento do processo se sente dor ou desconforto e, na maioria dos casos, o pós-operatório implica menos desconfortos que outras intervenções mais comuns em odontologia.
A manutenção dos implantes é semelhante ao de que precisam os outros dentes.
O implante dentário é muito mais fácil na hora de manter uma higiene oral correcta.
Em suma, os implantes dentários se tornaram uma excelente alternativa às próteses.
Se bem que requer um investimento de dinheiro maior do que uma dentadura removível ou ponte fixa convencional, a lista de vantagens é tão grande que, finalmente, o seu custo é baixo em comparação aos benefícios obtidos. As desvantagens são poucas e os riscos mínimos. E nunca podemos sorrir de forma tão natural como um implante.