Você me tem quebrado um dente! E agora, o que eu faço?

Não é raro, principalmente no caso de crianças que estão jogando e movendo-se todo o dia, que tenhamos a ruptura parcial ou total de um dente. A fratura dental também costuma ser algo comum em atletas, principalmente se envolver em esportes de contato. Mas, nós sabemos o que devemos fazer quando se nos quebra uma peça dental? É importante que saibamos reagir com certa rapidez, já que isso vai depender em boa medida do que possamos salvar a nossa peça original. Estes são os passos a seguir em caso de fratura de um dente.

O são todas as fraturas iguais?
Definitivamente não: há diferentes tipos de fratura de peças dentais e o tratamento a seguir é diferente baseada nelas. A fratura de um dente, geralmente após um grande trauma, fratura pode ser parcial ou avulsão (perda completa do dente).. No caso de as perdas completas por trauma, estas costumam ser muito escandalosas, já que geralmente começamos a sangrar muito, por isso, é muito importante que manter a calma nesta situação. O mais importante é pegar a peça ou as peças da peça que encontrarmos e nos dirigirmos ao nosso dentista de forma urgente. Quanto mais possa nos levar vários em recorrer a uma consulta, mais difícil será para que o dentista possa salvar nossa peça original.
No caso de pequenas fraturas ou lascamento da peça, normalmente pode-se arranjar com resina ou composite, cobrindo a parte quebrada. É igualmente importante que recorramos rápido a consulta para que não se danifique a polpa dental.
Os primeiros passos a seguir após a quebra de um dente

Como dissemos, a primeira coisa é manter a calma e localizar a peça ou peças do dente que se tenham quebrado. Uma vez que temos devemos lavá-los com água corrente ou soro fisiológico, sem esfregar o dente e sua raiz e conservá-los corretamente quando vamos ao dentista de emergência. Podemos levar a peça ou as peças de uma peça em botecito com água ou com leite ou, se não for possível, mantê-los debaixo da língua (uma vez desinfectados) com muito cuidado para não tragárnoslos.
Se temos uma ferida aberta na boca o mais importante é ser com elixires de água com sal ou soro fisiológico para evitar a proliferação de germes. Além disso, se estamos sangrando podemos parar a hemorragia de forma temporária, até que cheguemos à consulta do dentista, taponando o ferimento com uma gaze. Se necessário, devido à dor, podemos tomar um analgésico e nos colocar uma compressa fria no rosto onde tenhamos sofrido o trauma.
Como nos ajuda o dentista?
O mais importante nestas situações é que nos demos muita pressa em chegar à consulta do dentista de emergência: em caso de você ter perdido a peça completa é possível reimplantarla se formos com rapidez, mas as chances de sucesso são reduzidos se passa mais de meia hora ou uma hora em que temos sofrido o trauma. No caso de não poder salvar nossa peça original será necessário fazer um implante.
Uma vez na consulta, o especialista avaliará a nossa situação e avaliar a ruptura da peça: se esta tem afetado somente a um terço da peça dentária é possível reconstruirla com compósito. No caso de que a ruptura tenha chegado até a dentina, será necessário fazer uma endodontia para matar o nervo do dente. No caso de que o paciente seja um menino, e a raiz do dente ainda não tenha se formado completamente, é possível introduzir uma substância que ajuda o seu desenvolvimento com maior rapidez. A partir daí é realizada também uma endodontia de acordo com a avaliação do dentista.
Calma e rapidez são as duas palavras-chave na hora de reagir, se sofremos a fratura de uma peça dentária.