Volta as aulas e ao centro de fitness

A Cada ano, os ginásios se preparam para a chegada de setembro. Como janeiro, muitas pessoas reconhecem que é o mês em que se apontam ao ginásio depois de fazer uma pausa durante a época estival.
Isso significa que setembro é um bom momento para fazer um balanço dos excessos cometidos durante as férias. Também de assumir que muitas manhãs, você pode acordar com dores musculares, mas a seguir, veremos o que fazer para que sejam mais confortáveis.
Existem várias maneiras que a volta à rotina esportiva não seja tão dura e, acima de tudo, voltar a fazer desporto sem data de validade. Se você escolheu o ginásio como o lugar onde suar a camisa, confira as seguintes recomendações.
Escolha a atividade que você gosta

Por sorte, a grande maioria dos ginásios têm um amplo leque de atividades em sua agenda. A partir de yoga ou pilates, aulas de treinamento funcional ou spinning. É recomendável que, caso ainda não tenha identificado o esporte que você gosta, experimente as aulas do ginásio para fisgá-lo a alguma delas. Assim, começar a mover não tem que se tornar um calvário.
Também está a possibilidade de treinar com pesos livres ou máquinas em sala. Exercícios básicos, como os agachamentos, levantamento terra, supino ou o press militar são ideais para partir de uma base e condicionar o corpo de frente para a prática de alguns esportes de inverno.
Se você não tem experiência com os ferros, não hesite em pedir ajuda ao monitor de sala, que te deixará um plano de treinamento em função de seu objetivo (como, por exemplo, perda de gordura, no caso de ter aumentado de peso com as férias). Além disso, o profissional vai lhe dizer como fazer cada um dos exercícios para evitar desconforto e lesões.
Começa, pouco a pouco, para evitar as dores musculares

A ansiedade de recuperar a forma é muito comum entre aqueles que deixam de fazer exercícios durante as férias, ao mesmo tempo que não são muito cuidado com sua alimentação. E é que os resultados são visíveis a hora de pesadas ou de colocar os jeans que ficavam bem antes do verão.
Isso faz com que haja aqueles que se envolverem em intensas jornadas de atividade física desde o primeiro dia sem dar lugar aos pausas que o corpo precisa para a sua adaptação. As consequências são imediatas: picada muito dolorosa desde o primeiro dia.
Ter dores musculares é normal, já que se trata de microroturas que aparecem durante o treino e que o corpo repara através do descanso, assim como de uma boa nutrição. Mas é necessário um bom planejamento que o profissional de sala do ginásio se pode facilitar para que os laços não se impeçam de fazer uma vida normal.
Sei constante fazendo oco na sua agenda:

Não cabe dúvida de que os ginásios voltam a se encher em setembro, mas aqueles que vêm a ele todo o ano sabem que, em questão de meses, o volume de pessoas é reduzido novamente. Parece uma obviedade, mas não o suficiente para pagar academia para entrar em forma, há que fazer uma série de prioridades para ser consistente com o exercício físico.
Para isso, um bom exercício consiste em tirar a agenda e pensar que momento do dia é o melhor para que acudas ao ginásio sem que interfiram com outros compromissos. Lembre-se que sempre será melhor se deslocar diariamente, mesmo que seja apenas meia hora, que não fazê-lo por problemas de horário. Daí que procure um centro de fitness que se adapte às suas necessidades também é vital para fazer com que seu retorno para a rotina seja mais suportável.
Também é muito recomendável encontrar um companheiro para ir ao ginásio. É uma boa maneira de que alguém tire de você nos momentos em que você prefere ficar em casa ou, ao contrário, tirar você dessa pessoa quando está a ponto de sucumbir a planos mais confortáveis do que amarrar os sapatos e se mover.